Futebol

ASA suspende treino após furto de 21 pares de chuteiras dos jogadores

TNH1 com Assessoria ASA | 19/07/20 - 16h21 - Atualizado em 19/07/20 - 16h43
Divulgação/ASA

A diretoria do ASA suspendeu o treino presencial dos atletas deste domingo (19) após ser surpreendida pelo furto de 21 pares de chuteiras dos jogadores. O crime já foi registrado na delegacia, mas ainda não há identificação de suspeito. Segundo o clube, os calçados estão avaliados em aproximadamente R$ 7 mil.

O primeiro treino com a nova equipe estava marcado para acontecer a partir das 15h30, mas ao chegarem ao vestiário, os funcionários do clube constataram que as chuteiras de 14 atletas não estavam no local.

O gerente de Futebol do ASA, Emanuel Cerqueira, foi à Central de Polícia Civil, no bairro Baixão, prestar queixa do furto e solicitar um Boletim de Ocorrência (B.O). “Devido a esta situação, o treino foi suspenso porque a equipe não tem condições de começar as atividades diante de uma situação constrangedora como esta”, declarou Cerqueira.

Câmeras de segurança

Segundo o ex-presidente do Alvinegro, Moisés Machado, todas as providências cabíveis estão sendo tomadas pela direção do ASA. Ele pede a quem tiver o paradeiro das chuteiras, informar de imediato e avisar as polícias Civil e/ou Militar.

“Vamos investigar rigorosamente para saber quem furtou essas chuteiras dos atletas e revolver esta situação”, afirmou.

Ele disse ainda, que a direção do clube já está com o vídeo das câmeras de segurança do Estádio Coaracy da Mata Fonseca. “Quem comprar essas chuteiras furtadas também se responsabilizará pelo crime”.