Maceió

Associação em Maceió oferece atendimento para mulheres vítimas de agressão

Assessoria | 12/11/19 - 10h34
Reprodução / Pexels

Em parceria com a Faculdade Raimundo Marinho, a Associação AME vem realizando o atendimento e acolhimento a mulheres vítima de violência na parte alta de Maceió, através do Núcleo de Prática Jurídica. O atendimento é gratuito e realizado toda terça-feira de 08h30 às 12h. 

De acordo com a diretora jurídica da Associação, Larissa Melo, o acolhimento é destinado às mulheres vítimas de qualquer tipo de violência, seja ela física, moral, psicológica ou patrimonial.  “Nosso atendimento é totalmente sigiloso e reservado. Na sala destinada para AME contamos uma saída reserva o que garante a mulher entrar e sair do atendimento sem ser exposta”, colocou a diretora jurídica Larissa Melo.

“Estamos ampliando a nossa rede de acolhimento para que possamos cada dia mais oferecer às mulheres um acolhimento digno e humanizado. Temos diversos casos de violência na parte alta da cidade e temos que estar perto dessas mulheres para que elas possam entender que não estão sozinhas e podem ter na Associação esse amparo”, disse Julia Nunes, presidente da AME. 

Além do atendimento jurídico, a Associação AME conta com uma rede de colaboradores e voluntários que permite ofertar as mulheres atendimento psicológico, fisioterapia, nutricionista, odontologista e cirurgião plástico. 

A Faculdade Raimundo Marinha fica localizada na Avenida Durval Góes Monteiro, no bairro Tabuleiro do Martins, em Maceió.


"