Brasil

Azul passa a cobrar preços dinâmicos na bagagem despachada de seus voos

Melhores Destinos | 03/02/20 - 15h27 - Atualizado em 04/02/20 - 11h19

A Azul passou a cobrar valores dinâmicos para as bagagens despachadas em todos os seus voos nacionais. A mudança vale apenas para a compra antecipada do primeiro volume, que antes tinha o valor fixo de R$60 e agora poderá custar entre R$40 e R$80, a depender da rota. O valor para compra da primeira bagagem despachada no balcão do aeroporto permanece R$120.

A empresa enviou um comunicado aos agentes de viagem, mas não temos conhecimento de nenhuma comunicação prévia direta aos clientes.


Chá de erva-doce, Carnaval e produtos da China: 10 fake news sobre o coronavírus desmentidas pelo Ministério da Saúde

Ao menos o valor para despacho da segunda até a quinta mala permanecem inalterados. Também continua sendo oferecido um desconto para a compra antecipada dessas franquias.

Veja a tabela completa das cobranças de bagagem disponibilizada no site da Azul:


A medida não é novidade no mercado nacional, já que a Latam foi a pioneira a cobrar preços dinâmicos para o despacho de bagagem em voos nacionais e internacionais.

Vale lembrar que clientes com status no programa TudoAzul permanecem com os mesmo benefícios de bagagem despachada. sem nenhuma alteração.

Veja também Como evitar a cobrança por bagagem despachada nos voos domésticos.