Polícia

Bando invade casa e tenta matar jovem que teria assassinado o pai em Pilar

02/08/18 - 10h02 - Atualizado em 02/08/18 - 14h41
Arquivo/ TNH1

O adolescente de 15 anos, suspeito de ter participação na morte do próprio pai em Pilar, região metropolitana de Maceió, no último dia 31, foi esfaqueado na noite dessa quarta-feira (01) por um grupo de pessoas dentro da casa em que reside, na mesma cidade.

Áudios compartilhados nas redes sociais como sendo da mãe e da tia do rapaz narram que mais de 15 pessoas entraram na casa e esfaquearam o jovem.

O delegado responsável pelo caso, José Carlos, não confirmou a quantidade de autores do crime porque a polícia ainda vai iniciar as diligências, mas informou que muitas pessoas estão envolvidas e que a morte do pai e a tentativa de homicídio contra o filho têm ligação.

"Os dois casos têm relação, sim. A polícia trabalha na hipótese da ‘justiça privada’, ou seja, vingança. Tentaram assassinar o filho sob a acusação de ele ter matado o pai", revelou o delegado.

O jovem foi encaminhado para o HGE e está na recuperação pós-anestésica. Passou por cirurgia e seu estado de saúde é grave.

O caso

O adolescente de 15 anos é o principal suspeito de roubar e matar o pai, identificado como Jorge Acioli Silva, de 68 anos, na madrugada de terça-feira, dia 31, no município de Pilar, região metropolitana de Maceió. Há indícios de que o rapaz não teria agido sozinho.

O jovem nega participação no crime. Segundo a polícia, a mãe disse em depoimento que o filho estava com ela em casa no momento crime. Pai e mãe moravam em casas separadas.

O delegado José Carlos também ouviu uma mulher que morava com Jorge Acioli e estava na casa no momento do assassinato. Ela disse que o autor do disparo não se parece com o adolescente, mas que havia uma outra pessoa no lado de fora da casa esperando o assassino em uma moto.

“Nós trabalhamos com a hipótese de que o filho pode ter sido o mandante e não o autor imediato do crime”, informou o agente de polícia Rostan, da Delegacia de Pilar.