Alagoas

Base Comunitária de Marechal Deodoro desenvolve projeto de incentivo ao esporte no povoado Malhadas

13/04/18 - 07h13

Integração com a comunidade, conscientização e policiamento preventivo. Essas são algumas características da Base Comunitária da Polícia Militar de Marechal Deodoro, que atua nas comunidades do povoado Pedras e adjacências. Os militares e guardas municipais vêm agindo de forma efetiva, realizando visitas em residências e pontos comerciais para explicar aos moradores qual o seu principal objetivo.

Parte dessa atuação conta com o desenvolvimento de projetos e integração das comunidades com a base comunitária, para que assim, seja feito todo um trabalho de policiamento preventivo, envolvendo ações de cultura, esporte e educação para os jovens.

O primeiro projeto que será desenvolvido pela Polícia Comunitária é o Esporte é Vida, que garante treinos de futebol para meninos de 6 a 18 anos do povoado Malhadas. O projeto foi apresentado à comunidade durante uma reunião na noite dessa quarta-feira (11) e visa promover e incentivar a socialização dos jovens do povoado por meio do esporte, além de criar uma perspectiva de um futuro melhor e afastar os jovens da marginalidade.

Para participar do projeto, os jovens devem ter frequência ativa na escola, e para a inscrição, a equipe da Base irá recolher os documentos necessários nas residências.

A Base Comunitária de Polícia Militar de Marechal Deodoro está atuando de forma pioneira no Estado, visto que os militares trabalham de forma conjunta com os guardas municipais. De acordo com o responsável pela Base no município, Tenente Teixeira, a equipe está realizando visitas nas casas, para que os moradores conheçam o trabalho da Polícia Comunitária.

“Nós estamos realizando as visitas nas residências, e lá, explicamos o que policiamento comunitário, e é partir daí que começamos a pensar em desenvolver os projetos. Além disso, nós entramos como mediadores, porque caso acha algum foco de criminalidade, por exemplo, em casas abandonadas, terrenos baldios, nós entramos em contato com a Prefeitura para que dessa forma, possamos encontrar uma solução”, explicou.

Ainda segundo ele, esse primeiro projeto não será somente para o lazer dos jovens, mas sim, uma forma de controle da segurança pública através da integração da Policia Militar, Prefeitura de Marechal Deodoro e a comunidade. “Com esse projeto nós estamos criando aqui um muro, uma forma de proteger não só os, mas toda a comunidade, porque haverá toda uma observação, de quem está participando, acompanhamento na escola, e dessa forma, conseguimos protege-los da criminalidade”, concluiu.