Maceió

Braskem deve desembolsar cerca de R$ 1,5 bilhão com reurbanização em áreas de instabilidade

TNH1 com TV Pajuçara | 05/01/21 - 10h43 - Atualizado em 05/01/21 - 15h31
Reprodução / TV Pajuçara

A Braskem deve desembolsar cerca de R$ 1,5 bilhão com reparos urbanísticos na região afetada pela mineração em Maceió. As informações foram publicadas nessa segunda-feira (4) pelo Cidade Alerta, da TV Pajuçara.

Esse dinheiro será destinado para demolição de imóveis, recolhimento de entulhos e lixos, saneamento das áreas desocupadas e para gerir prédios culturais que estejam na região afetada. 

Como garantia, o acordo exige ainda que a Braskem apresente imóveis de sua propriedade, que estejam desembaraçados sem problemas jurídicos e sejam avaliados no montante de R$ 2,8 bilhões. Além disso, também está presente no acordo a realização de trabalho para garantir a encosta do Mutange. 

O acordo foi firmado entre a empresa e o Ministério Público Federal.

Veja a reportagem completa.