Maceió

BRK tem 24 horas para explicar ao Procon falta d'água em quatro bairros da capital

Secom Maceió | 18/11/21 - 14h23 - Atualizado em 18/11/21 - 14h40

O Procon Maceió notificou, nesta quinta-feira (18), a empresa BRK Ambiental, com o objetivo de obter esclarecimentos em decorrência das sucessivas suspensões do abastecimento de água, principalmente na parte alta da capital, por períodos superiores a 15 dias.

De acordo com o diretor-executivo do Procon Maceió, Leandro Almeida, a empresa BRK Ambiental tem o prazo de 24 horas para conceder as devidas informações sobre os problemas recorrentes que estão afetando as famílias e consumidores residentes nos bairros do Canaã, Serraria, Santa Amélia e Cidade Universitária. Leandro Almeida ressalta que a população entrou em contato com a Prefeitura de Maceió para formalizar as denúncias de falta de água.  

“Não estamos somente cobrando esclarecimentos sobre o que a população está passando, mas também quais alternativas emergenciais estão sendo tomadas para que o consumidor tenha o abastecimento de água devido e qual será a medida relativa ao faturamento durante esse período em que ele não recebeu a água devidamente na sua casa. São muitas as denúncias recebidas pela Prefeitura de Maceió e nas redes sociais do Procon Maceió. Por isso, a necessidade de notificar a empresa para que ela preste os esclarecimentos”, contextualiza Leandro Almeida.

O Procon Maceió reforça que os consumidores precisam seguir denunciando as situações semelhantes ao que está ocorrendo nos bairros do Canaã, Serraria, Santa Amélia e Cidade Universitária.

BRK: rompimento de sistema provocou desabastecimento

Em nota encaminhada à imprensa, a BRK informa que prestará todos os esclarecimentos. A concessionária diz ainda que "o desabastecimento em alguns bairros da parte alta de Maceió tem ocorrido devido ao rompimento da adutora do Sistema Aviação, operado pela Casal, que conduz a água tratada até o reservatório da BRK para a distribuição à população". Leia  a nota na íntegra: 

A BRK informa que foi notificada pelo Procon Maceió, no começo da tarde desta quinta-feira (18), e que prestará todos os esclarecimentos dentro do prazo determinado sobre este e qualquer tema relacionado à prestação de serviço de distribuição de água e de esgotamento sanitário, assumidos no dia 1º julho de 2021.

Desde já, a concessionária reforça que o desabastecimento em alguns bairros da parte alta de Maceió tem ocorrido devido ao rompimento da adutora do Sistema Aviação, operado pela Casal, que conduz a água tratada até o reservatório da BRK para a distribuição à população. A BRK tem prestado todo o apoio à Casal para resolver a situação o mais breve possível. Isso inclui a elaboração de projetos, plano de execução da obra, compra dos materiais, equipes técnicas à disposição e todos os investimentos necessários para que o sistema produtor seja recuperado plenamente e volte a operar com a capacidade adequada para atender à população. Até o momento, já foram investidos mais de R$ 200 mil no serviço.