Maceió

Casa Verde e Amarela: em Maceió, cerca de 2 mil pessoas são beneficiadas com casa própria

Secom Governo Federal | 13/08/21 - 15h18 - Atualizado em 13/08/21 - 15h22
Assessoria

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), entregou, nesta sexta-feira (13), 500 casas a famílias de baixa renda de Maceió, em Alagoas. O Residencial Oiticica II, que integra o Programa Casa Verde e Amarela, recebeu investimento federal de R$ 40 milhões, dos quais 97% foram repassados desde 2019. Cerca de 2 mil pessoas foram beneficiadas com a casa própria. O módulo I do empreendimento já havia sido entregue em maio deste ano, também com 500 unidades. Presente ao evento, o secretário Nacional de Habitação, Alfredo dos Santos, afirmou que a entrega residencial é uma conquista da população. “A sociedade brasileira entendeu as necessidades da população mais vulnerável e, hoje, vocês estão conquistando os seus imóveis. Então cuidem, usufruam e sejam muito felizes a partir de agora”, destacou.

A doméstica Rosamaria da Silva, de 50 anos, foi uma das beneficiadas com a nova moradia. Ela conta as dificuldades que enfrentou e se emociona por conseguir receber as chaves da tão sonhada casa. “Para quem vive com um salário-mínimo, pagar aluguel é muito cansativo. A gente não vê o dinheiro render, então vive sempre no aperto. Agora eu tenho a minha casa e vou poder economizar o que gastava antes para usar em outras coisas que são da minha necessidade. Estou muito feliz”, contou. A dona de casa Liz Tainara Castro, de 24 anos, esperava receber sua casa há cinco anos. Mãe de dois filhos, ela se emocionou ao contar como se sentiu ao entrar na casa nova. “É muito emocionante. Eu não tenho nem palavras. Só quem vive de aluguel e não tem condição é que sabe o sentimento que dá receber as chaves da sua casa. Os meus filhos vão ter a casa deles, vão ganhar o quarto mais aconchegante. E o melhor é saber que daqui ninguém nos tira, é nosso”, comemorou.

O residencial é composto por casas geminadas de dois quartos, com 44,9 m² e estrutura completa com água, esgoto, energia elétrica, pavimentação, iluminação pública e drenagem. Além disso, disponibiliza aos moradores quadra poliesportiva, parque infantil e áreas de lazer e ginástica. Há também uma creche, duas escolas e um posto de saúde próximos ao local. Presente à entrega das chaves, o deputado federal Arthur Lira reforçou o compromisso com a população. “A gente vem trabalhando para aperfeiçoar o orçamento e dar mais condições para que o gestor público possa dirigir recursos para habitação. O Brasil ainda possui um déficit gigantesco nessa área e temos um papel importante de auxiliar essas pessoas a se livrarem do aluguel e dar a elas dignidade”, afirmou.

O prefeito de Maceió, JHC, destacou o trabalho dos gestores locais para que a política habitacional siga em crescimento na região. “A gente sabe que há muitas pessoas vivendo em áreas de risco, sem infraestrutura adequada. E por isso, damos prioridade a essas famílias em situação de vulnerabilidade, para que elas possam ter sua casa própria”, disse.

Entrega de moradias - Nesta sexta-feira (13), o Governo Federal entregou outras 2.894 moradias a famílias de baixa renda no Ceará e em São Paulo, beneficiando com a casa própria cerca de 11,5 mil pessoas. O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro Rogério Marinho participaram da entrega de 2.794 unidades habitacionais em dois municípios do Ceará. Em Juazeiro do Norte, foram 1.812 e, no Crato, 982. No bairro do Pacaembu, em São Paulo, mais 100 famílias foram beneficiadas com a casa própria. A entrega das chaves ocorreu de forma operacional.