Nordeste

Chega a 100 o número de mortos pelas chuvas em Pernambuco

Mterópoles | 31/05/22 - 12h00
Forças de segurança buscam por 16 vítimas | Foto: Reprodução/Twitter Exército Brasileiro

Na manhã desta terça-feira (31/5), a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco confirmou que chegou a 100 o número de óbitos decorrentes das chuvas, deslizamentos e enchentes que atingem o estado desde a última quarta-feira (25/5).

No momento, as forças de segurança concentram as buscas na localização de 16 vítimas, sendo 14 por soterramento nas regiões da Vila dos Milagres, Jardim Monteverde, Curado IV e Areeiro. Há ainda dois registros de pessoas que teriam sido levadas pelas enxurradas em Jaboatão Centro e Paratibe (Paulista).

“Estamos levando em consideração, para as buscas, todos os casos em que há algum relato de desaparecido. Há 14 casos confirmados, com nomes já identificados, depoimentos de parentes, e outros dois em que algum morador apontou a ausência ou cujo relato está impreciso, mas que também são objeto de atenção. Os dois casos nessa situação ocorreram na Vila dos Milagres. Para as forças de segurança, todo indício de desaparecimento ou vítima nominada deve ter total empenho das equipes de buscas e salvamento. Estamos utilizando, nesta terça-feira, 436 profissionais, entre bombeiros de Pernambuco e de outros estados, bem como demais forças amigas, com emprego de embarcações, cães de busca, aeronaves e todos os recursos disponíveis”, afirmou o secretário de Defesa Social, Humberto Freire.

Chuvas continuam - Os alertas para os riscos trazidos pela chuva aumentaram após a tragédia que afetou Pernambuco. O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) afirma que o perigo é maior em 10 estados.

Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba e Alagoas têm risco muito alto para a ocorrência de alagamentos e inundações urbanas nas mesorregiões da Mata Pernambucana, Metropolitana de Recife e Leste Alagoano devido aos acumulados de chuva nos últimos dias.