Alagoas

Com doses da Pfizer, governador anuncia vacinação para transplantados, gestantes e puérperas

Redação TNH1 com Agência Alagoas | 03/05/21 - 17h23 - Atualizado em 03/05/21 - 17h48
TV Brasil

As 7.020 doses da vacina Pfizer chegaram hoje a Alagoas e serão usadas para imunizar contra a Covid-19 pessoas que receberam transplantes de órgãos, gestantes e puérperas, informou o governador do estado, Renan Filho (MDB), na tarde desta segunda-feira, 3, em publicação nas redes sociais.

Segundo o governador, será iniciada a vacinação de transplantados a partir de 18 anos e gestantes e puérperas que têm mais de 18 anos e possuem comorbidades. Já as gestantes e puérperas que não possuem comorbidades, a imunização nesta fase será destinada às mulheres a partir dos 35 anos. 

"Esse é mais um grande passo para proteger os alagoanos. Vamos continuar firmes para vacinar a nossa população", afirmou Renan Filho. 

Agendamento pelo site – O novo público-alvo deverá fazer um agendamento prévio no site covid19.saude.al.gov.br/agendavacina para receber a primeira dose do imunizante belga, que estará à disposição da população em três pontos, sendo dois em Maceió e um em Arapiraca.

De acordo com Herbert Charles Barros, superintendente de Vigilância em Saúde da Sesau, o agendamento poderá ser feito a partir desta terça-feira (4) e a aplicação das doses da Pfizer terá início na quinta-feira (6). Ele ressaltou que os imunizantes da Pfizer estão congelados e armazenados em um freezer, com temperatura entre -25° e -15° Celsius.

“Os grupos prioritários poderão fazer o agendamento para o Hospital Metropolitano de Alagoas ou para o Hospital da Mulher, em Maceió. E em Arapiraca a vacinação acontece no Centro Estadual de Distribuição e Armazenamento de Imunobiológicos. As pessoas transplantadas vão precisar, no momento do agendamento, informar qual órgão foi transplantado e deverão levar as documentações que comprovem a realização do transplante”, explicou o superintendente.

As gestantes e puérperas com comorbidades devem se guiar pelo Plano Estadual de Vacinação Contra a Covid-19, que definiu as doenças prioritárias nesse momento da campanha de vacinação. O Plano pode ser baixado neste link. Para se ter a imunidade completa com a Pfizer é preciso aplicar duas doses, em um intervalo de 12 semanas.

Nova etapa

Mais cedo, no início da tarde, o governador comunicou as novas faixas que vão entrar na etapa de vacinação contra Covid-19 no estado. A imunização vai dar sequência aos grupos de profissionais de saúde e pessoas com comorbidades e deficiência. Além disso, profissionais de educação a partir do ensino básico, reeducandos e servidores do Sistema Prisional, e pessoas em situação de rua entram na faixa de vacinação.