Maceió

Com servidores infectados, órgãos municipais suspendem atendimento ao público

TNH1 com Secom Maceió | 11/01/22 - 12h57 - Atualizado em 11/01/22 - 13h02
A Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC) suspendeu o atendimento ao público após servidores estarem com suspeita de síndromes gripais | Foto: Ascom FMAC

A Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC) suspendeu o atendimento presencial ao público externo durante o período de 11 a 17 de janeiro. O sistema de home-office foi instituído porque há servidores com suspeita de síndromes gripais, e a medida serve para prevenir a disseminação do contágio.

O atendimento aos usuários será feito de forma virtual, mediante agendamento através do e-mail protocolofmac@gmail.com ou pelo telefone (82)98882-8200 (Whatsapp). Reuniões marcadas com o público externo serão adiadas, salvo as que tenham relação com outras secretarias, em que seja necessária a presença da presidente da Fundação, Mirian Monte.

Outro órgão da administração municipal de Maceió que resolveu suspender o atendimento ao público foi a Superintendência Municipal de Energia e Iluminação Pública (Sima). A partir desta terça-feira, e por tempo indeterminado, fica suspenso o atendimento presencial na sede da Sima. A medida, segundo a superintendência, visa garantir a segurança e diminuir o risco de contágio com o coronavírus ou síndromes gripais entre servidores e visitantes.

Para a abertura de solicitações de manutenção, que seguirão normal e diariamente pelas equipes, a população pode contar com os canais de atendimento disponibilizados: o Call Center no número 0800 779 2000, que recebe ligações de telefone móvel e fixo de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h e aos sábados das 8h às 19h; o WhatsApp 011 99694 2431; e, por fim, através do site da Prefeitura de Maceió. Para envios de ofícios e abertura de processos existe, ainda, o e-mail atendimento@sima.maceio.al.gov.br

“A atual situação da pandemia não nos deu outra opção quanto ao atendimento presencial. Por isso, estamos adotando medidas que protegem tanto nossos servidores, quanto as pessoas que vão à sede da Sima diariamente para fazer suas solicitações.", pontou João Folha, superintendente da Sima.

"O atendimento ao público não será prejudicado, pois possuímos diferentes canais de atendimento disponíveis para a população. O enfrentamento da pandemia é coletivo e vamos fazer nossa parte com dano mínimo no serviço prestado ao maceioense”, completou.

Solicitação detalhada

Para que as solicitações continuem sendo atendidas com eficiência e precisão, o órgão pede que a população siga colaborando, fazendo a descrição detalhada do local que necessita de reparo. Deve-se ter em mãos nome, CPF e detalhes do local a ser reparado, como nome da rua, bairro e ponto de referência.

Outra informação importante é a plaqueta do poste, sempre iniciada com uma letra. Ela está localizada próximo à fonte de energia de cada poste. Caso não exista a plaqueta, basta a numeração de alguma residência ao lado ou em frente ao poste.