Saúde

Conheça a importância do check-up médico e saiba quais exames fazer

Assessoria | 16/03/21 - 12h24 - Atualizado em 16/03/21 - 12h26
Assessoria

Estabelecer metas para o ano que está começando é um ritual comum para muitas pessoas. Os planos são inúmeros e muitos deles se relacionam diretamente com a saúde. Mas o que é preciso fazer para ter uma vida mais saudável? 

Além de uma alimentação balanceada e prática regular de atividades físicas é fundamental realizar um check-up médico anual. De acordo com o médico Wellington Moreira, que trabalha com Clínica Geral no Hospital Maceió, do Sistema Hapvida, exames de rotina podem ajudar a prevenir doenças, além de contribuir com o bem-estar. 

"Para ter qualidade de vida, é preciso assumir o compromisso de fazer a prevenção. A avaliação clínica anual geralmente compreende exames de sangue como hemograma e taxas que avaliam a função do fígado e dos rins, parasitológico de fezes, sumário de urina e eletrocardiograma", explica. 

Exame físico e anamnese

O médico ainda destaca a importância da realização de exames específicos de acordo com o sexo do paciente. 

"Investigações complementares podem variar dependendo do exame físico e da anamnese, que nada mais é que uma entrevista ou questionário que o médico realiza para obter informações importantes sobre o histórico de saúde da pessoa", diz. 

No caso dos homens, por exemplo, o dr. Wellington acredita ser importante a avaliação da próstata e, no caso das mulheres, exames preventivos do colo do útero.

Cuidado redobrado: pessoas com doenças crônicas e fatores de risco

Em relação à periodicidade de realização do check-up, o mais comum é que os exames sejam realizados uma vez por ano, mas esse período pode ser encurtado se o paciente apresentar algum fator de risco para o desenvolvimento de doenças, como colesterol elevado e obesidade, ou possuir doenças crônicas, como hipertensão e diabetes. 

"Nestes casos, é necessário um intervalo menor para a reavaliação para que o profissional acompanhe mais de perto como anda a condução do tratamento em casa. É sempre bom dedicar tempo para cuidar da saúde", reforça Dr. Wellington.