Saúde

Controle de pragas em imóveis desocupados ajuda no combate à dengue

Assessoria Braskem | 31/03/20 - 10h53 - Atualizado em 31/03/20 - 12h36
Foto: Assessoria Braskem

O trabalho de controle e monitoramento de pragas urbanas nos imóveis que estão sendo desocupados em Maceió vai ajudar a combater o mosquito da dengue na época de chuvas. Na semana passada, 907 casas na área de resguardo, nas encostas do Mutange e do Jardim Alagoas (zona A da desocupação) e na área adjacente aos poços de sal (zona B) foram visitadas pelos prestadores de serviço que estão aplicando produtos específicos para o controle de pragas urbanas. 

Duas empresas foram contratadas pela Braskem para esse trabalho, que acontece de segunda a domingo, das 7h às 17h. O Corpo de Bombeiros e a Vigilância Sanitária foram informados sobre a operação, que não apresenta risco à saúde dos moradores da vizinhança.

Nos imóveis desocupados e tamponados que ainda estão cobertos com telhas, o controle está sendo feito com a termonebulização (controle de vetores), a desinsetização (controle de escorpiões, baratas, formigas e insetos em geral) e a desratização (controle de roedores) com iscas.

Nos imóveis desocupados e tamponados que estão descobertos, a equipe usa escadas e aplica o produto por pulverização, além de também instalar a isca para roedores. O produto será reaplicado nos imóveis a cada três meses.

Cerca de 800 imóveis estão desocupados nos bairros em que o controle de pragas está sendo feito. O trabalho continuará nos imóveis que ainda serão desocupados, com a aplicação do produto antes do tamponamento.