Polícia

Coordenador da Delegacia de Homicídios vai investigar morte de mulher de promotor

Redação TNH1 | 10/05/19 - 16h45 - Atualizado em 10/05/19 - 19h28
Arquivo TNH1

O delegado Eduardo Mero, coordenador da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), será o responsável pelo inquérito que vai investigar a morte de Martha Nascimento, esposa do promotor de Justiça, Sidrack Nascimento. 

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (10) após designação feita pelo delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira. O documento mostra que o inquérito policial, em caráter especial, deve ser concluído no prazo legal e o delegado deve informar para a Delegacia Geral o número do procedimento instaurado em até cinco dias.

A empresária Martha Nascimento foi encontrada morta na última quarta-feira (08), na residência onde morava com o promotor, no condomínio Alameda do Horto, em Maceió. Inicialmente, pessoas próximas da família divulgaram que ela teria cometido suicídio, porém a versão ainda não foi confirmada pela polícia.

A Polícia Militar, que esteve no local na última quarta, informou que ao lado do corpo da mulher foi encontrada uma arma de fogo. 

O Instituto de Criminalística (IC) esteve na residência e colheu as primeiras informações. Os exames devem ser concluídos em dez dias e vão mostrar as circunstâncias da morte da empresária. Em entrevista ao TNH1, o diretor de Perícias Externas do IC, Victor Portela, adiantou que foram identificadas duas perfurações no corpo, uma de entrada e outra de saída do projétil, na região das têmporas.