Maceió

Coronavírus: áreas públicas começam a ser desinfectadas em Maceió

Secom Maceió | 24/03/20 - 14h43 - Atualizado em 24/03/20 - 14h55

A higienização é um dos principais fatores entre as medidas que devem ser adotadas para evitar a propagação do novo coronavírus, causador da covid-19, conforme orientam os órgãos e autoridades da saúde pública. Seguindo o planejamento traçado pela Prefeitura de Maceió neste sentido, previsto nos decretos assinados pelo prefeito Rui Palmeira, a Superintendência Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Sudes) iniciou nesta terça-feira (24) a desinfecção de áreas públicas, com a lavagem e pulverização de espaços com fluxo de pessoas.

Titular da Sudes, Gustavo Torres explica que o planejamento operacional para este trabalho é periódico e prioriza o entorno de unidades de saúde, as principais praças da cidade, pontos de ônibus de grandes vias, mercados e estações rodoviárias, que são locais que, inevitavelmente, devem manter o fluxo de pedestres ao longo do dia durante o período de distanciamento social. A desinfecção está sendo realizada com a utilização de sabão e solução composta por hipoclorito de sódio e água, que ajudam a reduzir a circulação de micro-organismos.

“A limpeza urbana tem atuado para colaborar com as medidas preventivas diante deste quadro de risco decorrente da pandemia do coronavírus. Os serviços continuam, com a devida proteção e orientação aos trabalhadores, e agora iniciamos a desinfecção, que é um serviço que ajuda neste processo para minimizar os riscos de proliferação de bactérias, fungos e vírus, como o coronavírus. O trabalho será periódico e abrange os principais pontos onde há fluxo de pessoas diariamente”, comentou Gustavo Torres.

A desinfecção teve início nesta terça-feira pelo entorno das unidades de saúde, a exemplo da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Benedito Bentes e no Centro de Saúde Doutor Hamilton Falcão, no mesmo bairro. As demais unidades da capital serão atendidas com o mesmo serviço.