Alagoas

Coronavírus: com 1º caso confirmado em AL, todos os outros foram descartados

Redação TNH1 | 09/03/20 - 12h17 - Atualizado em 09/03/20 - 13h52
Ascom Sesau

O secretário de estado da saúde de Alagoas, Alexandre Ayres, falou nesta segunda-feira (09), sobre chegada do coronavírus no estado. De acordo com o secretário, além do caso que deu positivo para o nCovid-19, e foi confirmado ontem pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), todos os outros que estavam sendo considerados suspeitos, foram descartados.

Em entrevista ao repórter Hélio Góes, da Rádio Pajuçara FM 103,7, Ayres explicou que os casos foram descartados e as avaliações são feitas diariamente. Além disso, um caso de um outro paciente foi registrado hoje pela manhã, mas ainda passará por alguns testes para saber se será enquadrado como suspeito de coronavírus. Apenas depois desses testes, o paciente vai poder ser submetido aos exames, nos laboratórios de referência nacional.

Por isso, por enquanto, a afirmação da Sesau é de que não há casos suspeitos no estado. 

O secretário lembrou ainda que o caso confirmado em Alagoas permanece em isolamento domiciliar, e que só irão ser levados para os hospitais os casos com sintomas mais graves. "O coronavírus é uma gripe comum, normal, e menos danosa que a H1N1, por exemplo. É a 21ª síndrome gripal diagnosticada no mundo. Não há motivos para pânico", tranquilizou Ayres.

Caso confirmado do coronavírus em Alagoas

A Sesau divulgou neste domingo (08) que a Fundação Oswaldo Cruz, laboratório de referência nacional, encaminhou o resultado de um exame, confirmando o primeiro caso para o novo Coronavírus (nCov-2019) em Alagoas. 

De acordo com as informações, o paciente é um homem, alagoano, de 42 anos, que retornou no último dia 03 de março da Itália. O paciente procurou atendimento médico, em um serviço de saúde de Maceió, por apresentar sintomas suspeitos do coronavírus. O caso foi notificado ao Centro de Informação Estratégica e de Resposta em Vigilância em Saúde (CIEVS) do estado e vem sendo monitorado pelo CIEVS do município.

Desde então, o alagoano está em isolamento domiciliar e com quadro de saúde considerado estável.