Alagoas

Coronavírus: viagens do VLT estão suspensas; veja como fica o transporte por ônibus

Redação | 22/03/20 - 15h34 - Atualizado em 22/03/20 - 15h43

As operações de trens e Veículos Leves Sobre Trilhos (VLTs) estão suspensas em todo o trecho de Lourenço de Albuquerque, em Rio largo, até a estação final, no bairro Jaraguá, em Maceió. A determinação, com vigência para 10 dias a partir da meia noite de sábado (21), foi anunciada na sexta-feira (20) como parte das medidas adotadas pelo Governo de Alagoas para combate da proliferação do coronavírus (Covid-19).

Antes, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) tinha anunciado a suspensão do embarque e desembarque na Estação Mutange, localizada no bairro Mutange, que sofre com instabilidade de solo, de acordo com estudos do Serviço Geológico do Brasil (CPRM). A suspensão da operação na estação não tem relação com o decreto de situação de emergência do Governo de Alagoas e, de acordo com a CBTU, foi recomendada pela empresa de sal-gema Braskem.

Transporte urbano e intermunicipal 

A partir desta segunda-feira (23), a frota de ônibus urbanos da capital vai operar com 70% da capacidade durante os dias úteis. Para os finais de semana, a redução na frota será de 50%. Segundo a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), a medida é preventiva e está sendo adotada com o intuito de evitar a aglomeração de pessoas e a propagação do novo coronavírus.

A iniciativa, de acordo com a SMTT, leva em consideração ainda a diminuição do número de passageiros devido à suspensão das atividades nas escolas das redes municipal, estadual e privada, além da paralisação das aulas nas universidades com sede em Maceió, bem como a interrupção de visitas aos parques e a suspensão do funcionamento de shoppings e outros estabelecimentos comerciais da cidade. 

Já a operação do serviço de transporte rodoviário intermunicipal de passageiros, regular e complementar, está suspensa também por 10 dias desde o anúncio do decreto.