Alagoas

Corpo de motorista que morreu carbonizado em acidente entre carretas é identificado

Acidente aconteceu entre as cidades de Murici e Flexeiras na última terça (19)

Ascom IC | 21/03/19 - 06h04 - Atualizado em 21/03/19 - 06h33
Duas carretas colidiram em Flexeiras | Arquivo / Cortesia CBM

A equipe de odontologia legal do Instituto de Medicina Legal Estácio de Lima (IML de Maceió) conseguiu realizar ontem (19), a identificação do corpo do motorista que morreu carbonizado em um acidente automobilístico no município de Flexeiras. A vítima foi identificada como Williams Antonio Ferreira dos Santos, 31 anos, que trabalhava como motorista e era natural do estado de Pernambuco.

O acidente aconteceu no km 57 da BR-101, no trecho do trevo de acesso ao município de Flexeiras. Williams Ferreira morreu carbonizado preso as ferragens após uma colisão envolvendo três caminhões tanques carregados de produtos inflamáveis.

A equipe do setor de odontologia legal do IML explicou que apesar do alto grau de carbonização que o mesmo apresentava, foi possível realizar a identificação odontolegal, devido à grande resistência dos dentes a altas temperaturas.  Para a realização da perícia odontolegal a família apresentou a documentação odontológica da vítima.

“Através do estudo comparativo da arcada dentária do cadáver com a documentação odontológica apresentada pela família, foi possível se chegar à identificação odontolegal, conseguindo-se dessa forma agilizar de forma científica e segura a liberação do corpo”, explicaram os peritos odontolegistas do IML de Maceió.

Após a identificação oficial, o corpo do motorista Williams Ferreira foi liberado para sepultamento  realizado em Pernambuco.