Maceió

Corrida grátis em aplicativo atrai mais de 200 doadores a banco de sangue da Santa Casa

Assessoria Santa Casa | 04/06/20 - 15h27 - Atualizado em 04/06/20 - 15h34
Divulgação / Santa Casa

A rotina dos bancos de sangue espalhados pelo Brasil nunca foi fácil. A dinâmica exige uma ação voluntária de pessoas que entendam a importância da doação e que se dirijam aos locais indicados para garantir os estoques. Mas o que poderia ser simples, esbarra no medo e na desinformação sobre o ato. Com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o cenário piorou: os estoques caíram, mas a urgência por todos os tipos sanguíneos, principalmente os de Rh negativo, segue no mesmo ritmo.

Entre os dias 25 e 29 de maio, a Santa Casa de Maceió e a Uber se uniram numa ação que possibilitou o deslocamento gratuito de doadores até o Banco de Sangue do hospital. O resultado foi o aumento de doações, cujo material será destinado aos pacientes cirúrgicos e oncológicos de urgência e emergência da instituição que necessitam das doações para dar continuidade aos tratamentos.

“Tivemos um total de 326 possíveis doadores. Destes, 225 estavam aptos para doar. Uma média de 65 doadores por dia. Na semana anterior, registramos a visita de 92 voluntários, 79 estavam aptos e puderam fazer a doação de sangue. Nós que fazemos o Banco de Sangue da Santa Casa de Maceió agradecemos pela iniciativa com a Uber. Que venham mais parcerias como essa”, disse a assistente social Luiza Inácio dos Santos.

Apesar da pandemia, o estoque de sangue precisa ser mantido num nível seguro para dar continuidade aos tratamentos dentro do hospital. “A situação é ainda mais urgente quando se trata dos tipos O e A negativos e B positivo. Dependemos de doações para atendermos às solicitações de transfusões e, dessa forma, possamos garantir a segurança destes e outros pacientes. As doações precisam ser constantes”, explica a assistente social.

Como funcionou

Um código promocional específico deu viagens gratuitas de ida e volta aos doadores para cada trecho. O código foi adicionado no aplicativo da Uber antes das viagens. A medida faz parte do compromisso anunciado pelo CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, de fornecer em todo o mundo 10 milhões de viagens e entregas de alimentos gratuitas para profissionais de saúde, idosos e pessoas em necessidade durante a pandemia.

“Desde a chegada do coronavírus no Brasil, a Uber tem apoiado as comunidades onde atua de diferentes formas. Ao oferecer viagens gratuitas para incentivar a doação de sangue em Maceió, nós queremos facilitar o movimento das pessoas para que elas possam se deslocar com mais agilidade e conforto”, disse Silvia Penna, gerente de operações da Uber.

Para André Carneiro, gerente de Marketing e SADT da Santa Casa de Maceió, a parceria mostrou que os maceioenses estão sempre dispostos a ajudar. “Os números comprovam que tem muita gente disposta a ajudar, a salvar vidas. Doar sangue é um ato de amor e esse ato precisa ser constante, pois ainda tem muita gente necessitando dessas doações para seus tratamentos”, disse o gestor.

Em Maceió, a ação foi intermediada pela “Frente Parlamentar Mista de Economia e Cidadania Digital”, popularmente conhecida como “Frente Digital”, projeto idealizado e presidido pelo deputado federal alagoano, João Henrique Caldas.

Critérios básicos para doação:

Estar alimentado e em boas condições de saúde;

Ter idade entre 18 e 60 anos;

Portar documento oficial c/foto: (Identidade, Habilitação, Reservista com foto ou Carteira Profissional);

Pesar a partir de 55 kg;

Não ingerir bebida alcoólica no dia anterior;

Dormir pelo menos 6 horas durante a noite.

Horário de doações:

Segunda à sexta feira das 07:00 às 16:00 horas – O estacionamento é gratuito.

Mais informações pelos telefones: 2123-6098 ou 2123-6240.