Saúde

Covid-19: Alagoas aguarda sinalização do Ministério da Saúde para aplicação da 3ª dose

Bruno Soriano, com assessoria | 25/08/21 - 15h04 - Atualizado em 25/08/21 - 17h47
País deve iniciar aplicação da 3ª dose de vacina contra a Covid-19 em setembro | Agência Brasil

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou, nesta quarta-feira (25), que vai iniciar a aplicação da terceira dose da vacina contra a Covid-19, em idosos entre 70 e 80 anos e em imunossuprimidos a partir do dia 15 de setembro. O estado de São Paulo, por sua vez, confirmou que começa a vacinar os idosos com mais de 60 anos – e que tomaram a segunda dose ou dose única há pelo menos seis meses – já no próximo dia 06. Em Alagoas, porém, ainda não há uma sinalização de chegada de novas doses para mais um ciclo vacinal.

Se o Ministério da Saúde cumprir a previsão e, com isso, alterar o Plano Nacional de Imunização (PNI), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) adianta que vai acolher a recomendação no sentido de garantir a aplicação da terceira dose da vacina Coronavac nos idosos e imunossuprimidos em todo o estado.

O secretário da Saúde, Alexandre Ayres, esteve em reunião, nesta quarta, por meio de videoconferência, com o ministro da Saúde para discutir a aplicação da terceira dose. “Estamos discutindo pautas muito importantes, dentre elas a terceira dose, que, inicialmente, será dada para os nossos idosos, graças ao encurtamento do prazo de imunização da primeira para a segunda dose. Também tratamos de medidas para que possamos combater a variante Delta”, disse Ayres.

Análises mostram que a primeira dose das vacinas tem eficácia reduzida frente à variante, como já atestou o próprio Ministério. Em São Paulo, o comitê científico do governo classifica a terceira dose como “um passo a mais” na proteção dos idosos. Por lá, o estado vai vacinar este público “com a vacina que houver disponível”. 

Em Alagoas, uma em cada três pessoas com 18 anos ou mais já tomou as duas doses da vacina ou a dose única, sendo o primeiro estado do Nordeste a alcançar, portanto, mais de 30% de sua população vacinável. Em Maceió, jovens de 17 anos já começaram a receber a primeira dose nesta quarta-feira, enquanto adolescentes com idade entre 12 e 17 anos também já se vacinam nos drive-thrus capital.

Confira, abaixo, a nota da Sesau:

A Assessoria de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) segue as orientações da Secretaria Extraordinária de Enfrentamento da Covid-19 (Secovid), órgão vinculado ao Ministério da Saúde (MS), que, por sua vez, é guiado por discussões em câmaras técnicas com especialistas da área, que atuam mediante embasamento científico. Com isso, caso a Secovid altere, oficialmente, o Plano Nacional de Vacinação, incluindo a aplicação da terceira dose da vacina CoronaVac nos idosos e imunossuprimidos, e o Ministério da Saúde envie os imunizantes, Alagoas seguirá a recomendação.