Maceió

Covid: Maceió vacina crianças imunocomprometidas de 3 e 4 anos nesta segunda

Secom Maceió | 24/07/22 - 14h17
Tânia Rêgo / Agência Brasil

A partir desta segunda-feira (25), a Prefeitura de Maceió iniciará a vacinação contra a Covid-19 com o uso da Coronavac em crianças imunocomprometidas de 3 a 5 anos de idade. A medida segue recomendação do Ministério da Saúde (MS), por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI), e foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com a nota técnica do Ministério da Saúde, a vacinação com a Coronavac será feita de forma gradual. Inicialmente, o imunizante será destinado apenas para crianças imunocomprometidas entre 3 e 4 anos de idade. Em seguida serão as faixas etárias de 4 e depois 3 anos de idade. Ainda segundo o MS, não há mais recomendação de intervalo entre as vacinas Covid-19 e as demais vacinas do Calendário Nacional de Vacinação em crianças a partir de 3 anos de idade. 

“A vacinação de crianças de 3 e 4 anos contra a Covid-19 poderá evitar infecções pelo SARS-CoV-2, hospitalizações e óbitos, além de outras complicações pós-covid. Estudos já demonstraram a eficácia e efetividade da vacina Coronavac a partir dos 3 anos de idade e já está autorizada pela Anvisa, ou seja, a vacina é segura”, afirma a gerente de Imunização de Maceió, Eunice Amorim.

O MS orienta, ainda, que estados e municípios façam a gestão dos quantitativos disponíveis dessa vacina em seus estoques, com o intuito de garantir a segunda dose com o intervalo de 28 dias, até que os estoques sejam restabelecidos pelo Ministério da Saúde.

Até o momento, Maceió aplicou 62.422 doses de vacinas pediátricas contra a Covid-19, alcançando 63,98% da população entre 5 a 11 anos de idade vacinadas com a primeira dose e 36,06% do público infantil totalmente imunizado.

Documentação para vacinação pediátrica - Para vacinar o público de 3 e 4 anos, é necessário que as crianças estejam acompanhadas dos pais. Caso a criança esteja acompanhada de outro responsável é necessário o preenchimento do Termo de Assentimento para Vacinação Infantil + cópia do documento de identificação do pai ou mãe, o qual ficará retido no ato da vacinação.

Os responsáveis devem apresentar o próprio documento de identificação com foto e documentação da criança, que deve ser RG ou Certidão de Nascimento, Caderneta de Vacinação e CPF ou Cartão SUS. Além disso, devem apresentar a prescrição médica especificando a condição de imunossupressão conforme descrição abaixo informada pelo Ministério da Saúde:

Entende-se por pessoas com alto grau de imunossupressão (imunocomprometidos):

  • I - Imunodeficiência primária grave.
  • II - Quimioterapia para câncer.
  • III - Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras.
  • IV - Pessoas vivendo com HIV/AIDS.
  • V - Uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias.
  • VI - Uso de drogas modificadoras da resposta imune.
  • VII - Auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias.
  • VIII - Pacientes em hemodiálise.
  • IX - Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas.

Pontos fixos

  • Maceió Shopping, das 9h às 21h, de segunda a sábado
  • Pátio Shopping - de segunda a sábado das 15h às 21h, e domingo das 12h às 18h

Unidades de saúde que atendem crianças de 3 a 11 anos

  • II Centro de Saúde (Praça da Maravilha, Poço) - 09h às 16h, de segunda a sexta
  • USF Cláudio Medeiros (Rio Novo) - 09h às 16h, de segunda a sexta
  • USF Paulo Leal (Feitosa) - 09h às 16h, de segunda a sexta
  • USF Arthur Ramos (Henrique Equelman) - 09h às 16h, de segunda a sexta
  • Unidade Docente Assistencial Professor Gilberto de Macedo (UFAL) - 09h às 16h, de segunda a sexta
  • US Durval Cortez (Prado) - 09h às 20h, de segunda a sexta
  • USF Ouro Preto - 09h às 16h, de segunda a sexta

Confira mais informações

Termo de Assentimento para vacinação infantil contra a Covid-19