Futebol

CRB amplia no final e bate Náutico por 3 x 1; ouça a narração dos gols

09/07/16 - 16h00 - Atualizado em 11/07/16 - 09h54
Estadão Conteúdo

Em ótima fase na Série B 2016, o CRB encarou mais uma difícil disputa na competição, desta vez contra o Náutico neste sábado, 09, na Arena Pernambuco. O Galo superou o Timbú com louvor e venceu por 3 x 1, assumindo a terceira posição na tabela. O portal TNH1 e a Rádio Pajuçara FM transmitiram o duelo.

O jogo

O Náutico, como se esperava do time mandante, começou tentando dominar as ações e propor o jogo, mas o CRB conseguiu conter bem os avanços, apesar de assustar seu torcedor logo aos 2 minutos, quando Diego fez o corte para escanteio de maneira desajeitada. O Galo tentou pela primeira vez aos 5’, pelo lado esquerdo, quando Wellington Júnior tentou finalizar mas foi travado, descolando o escanteio. Passando a ser mais incisivo no ataque, o CRB chegou novamente aos 11’ com um belo passe para infiltração de Luidy, mas o goleiro do Timbú chegou primeiro e evitou o pior.

O Galo se impôs na casa do adversário e conseguia boas oportunidades, deixando o gol cada vez mais maduro. Ele quase saiu aos 18’, quando Diego mandou um “bolão” por cima para Zé Carlos, que apareceu entre os zagueiros e subiu para o cabeceio, mas mandou alto demais e desperdiçou a melhor chance até aquele momento. O Náutico até tentava esboçar uma pressão para segurar o Regatas no campo de defesa, mas era em vão. Aos 29’, o CRB foi eficaz e finalmente conseguiu abriu o placar com Gerson Magrão. O camisa 10 deu um drible de corpo na marcação e fez um golaço encobrindo o goleiro do Timbú.

Superior na partida, o CRB conseguia manter o ritmo ofensivo. Pouco depois do gol, o Galo tentou ampliar com Wellington Júnior, lançado no ataque. No entanto, a arbitragem assinalou impedimento, para alívio da torcida pernambucana. O Náutico parecia entregue, tentando sem sucesso igualar o placar aos 35’ com Hugo, que recebeu, fez o giro e chutou, sem força. Mas enquanto a torcida regatiana ainda fazia grande festa na Arena Pernambuco, um balde de água fria. Numa falha de Júlio Cesar após chute cruzado de Bergson, Rony ficou com a sobra e só fez empurrar a bola para o fundo do gol, empatando a partida. E por pouco não vira, já que no finalzinho do tempo regulamentar, Rony quase faz o segundo. Desta vez, Julio Cesar foi bem no lance e se redimiu da falha no primeiro tento, no último lance de emoção da primeira etapa.

Segundo tempo

O técnico Alexandre Gallo, do Náutico, fez sua segunda substituição na partida ao promover a entrada de Maylson no lugar de João Ananias. No primeiro tempo, o treinador teve que sacar Taiberson, que sentiu o joelho. Jefferson Nem entrou no lugar. O CRB voltou do mesmo jeito, e tentando manter a mesma ofensividade. Aos 5’ minutos, Gerson Magrão, autor do gol regatiano, recebeu na entrada da área e finalizou, mas pegou muito embaixo da bola e mandou para fora. O Timbú, por sua vez, levou perigo e quase virou em cobrança de falta aos 10". Bergson cobrou fechado e Zé Carlos tentou tirar de cabeça, mandando a bola na trave. A equipe pernambucana melhorou na partida.

Os dois times mexeram perto da metade do segundo tempo. Enquanto Daniel Morais substituiu Hugo no Náutico, Roger Gaúcho assumiu o lugar de Wellington Júnior no CRB. O Regatas passou a tentar jogar no contra-ataque, enquanto o Timbú trocava mais passes no meio de campo e se utilizava da bola longa, conseguindo chegar com mais perigo do que no primeiro tempo. Diego Jussani cobrou falta aos 22’ e assustou o goleiro Julio Cesar, que viu a bola passar perto. Mas aos 26’ o destino da redonda foi o fundo do gol. Luidy avançou pela direita e fez um cruzamento preciso para o cabeceio de Matheus Galdezani, que mandou no canto direito, sem chance para o goleiro pernambucano. O Galo fez o segundo e assumiu, ainda que temporariamente, a vice-liderança da Série B.

A torcida regatiana, marcando excelente presença na Arena Pernambuco, comemorava o resultado favorável quando tomou um susto cinco minutos depois do gol. Maylson arriscou de fora da área e mandou a bola perto da meta do Galo. Segurando bem a vitória fora de casa, o Regatas ainda tomou outro susto quando Jefferson Nem caiu dentro da área e a arbitragem parou o lance. No entanto, Leandro Vuaden assinalou simulação e “amarelou” o jogador do Náutico. Aos 38’, Mazola fez sua segunda alteração na partida e colocou Assisinho no lugar de Luidy. Essa mudança foi providencial, já que o camisa 19 foi autor do belo passe para Roger Gaúcho que resultou no terceiro gol do Galo aos 45’, quase que numa repetição do tento assinalado por Gerson Magrão no primeiro tempo. Sem ter como revidar, o Náutico amargou a derrota por 3 x 1, resultado que quebrou o tabu de invencibilidade dos pernambucanos em casa contra o alvurrubro alagoano.

Acompanhe a narração dos gols

Gol de Gérson Magrão:

Gol de Rony

Ouça a narração do gol de Roger Gaúcho

Ouça o gol de Matheus

Ficha técnica 

Campeonato Brasileiro - Série B (15ª rodada)

Jogo: Náutico 1 x 3 CRB

Gols: Náutico - Rony (aos 39" do 1T); CRB - Gerson Magrão (aos 29" do 1T), Matheus Galdezani (aos 26" do 2T) e Roger Gaúcho (aos 46" do 2T)

Local: Arena Pernambuco, Recife/PE

Data: 09/07 (sábado)

Hora: 16h

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (FIFA)

Auxiliar 1: Rafael da Silva Alves (CBF-RS)

Auxiliar 2: Lúcio Beiersdorf Flor (CBF-RS)

Náutico

1-Julio Cesar

2-Joazi

33-Rafael Pereira

38-Eduardo

6-Mateus Muller

13-João Ananias (18-Maylson, no intervalo)

49-Eurico

10-Hugo

37-Taiberson (69-Jefferson Nem, aos 24" do 1T)

7-Rony

11-Bergson

Técnico: Alexandre Gallo

Banco Náutico: 32-Jefferson, 22-Walber, 16-Igor Rabello, 52-Ruan, 4-Leo Pereira, 5-Ygor, 92-Gustavo, 18-Maylson, 23-Renan Oliveira, 69-Jefferson Nem, 90-Daniel Morais

CRB

1-Julio Cesar

2-Marcos Martins

3-Flavio Boaventura

4-Diego Jussani

6-Diego

5-Olívio

8-Matheus Galdezani

7-Luidy

10-Gérson Magrão

11-Wellinton Júnior

9-Zé Carlos

Técnico: Mazola Júnior

Banco CRB: 12-Bruno, 13-Gabriel, 14-Somália, 15-Eder, 16-Wigor, 17-Lúcio Maranhão, 18-Roger Gaúcho, 19-Assisinho, 20-Neto

WhatsApp Image 20160709 1

Classificação (fornecida por Sr. Goool):

CParticipantesPGJVEDGPGCSG%A
 Atlético-GO29158521810864,4
 Vasco28149142415966,7
 CRB28159152221162,2
 Ceará27158342317660
 Paraná24156631414
53,3
 Criciúma23156542217551,1
 Brasil-RS22146441312152,4
 Náutico21156362417746,7
 Luverdense-MT21155641615146,7
10º
 Bahia20156272116544,4
11º
 Vila Nova-GO20156271919
44,4
12º
 Londrina20145541312147,6
13º
 Avaí19155461716142,2
14º
 Oeste-SP19155461317-442,2
15º
 Paysandu18144641116-542,9
16º
 Goiás15153661318-533,3
17º
 Bragantino14153571116-531,1
18º
 Joinville1415357916-731,1
19º
 Tupi-MG12153391519-426,7
20º
 Sampaio Corrêa1015249924-1522,2