Futebol

CSA vence o Vitória em casa e CRB assume 3º lugar ao bater Sampaio no Castelão

Redação TNH1 com Futebol Interior | 26/07/21 - 07h37
Divulgação / Sampaio Corrêa

A 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro foi de vitórias para os representantes de Alagoas na Série B do Campeonato Brasileiro. No sábado, o CSA ganhou do Vitória por 2 a 1 no Rei Pelé, em Maceió. Já na noite desse domingo, o CRB bateu o Sampaio Corrêa por 3 a 2 no Castelão, em São Luís. 

O Azulão chegou aos 18 pontos e pulou para a 11ª colocação, enquanto o Vitória ficou em 15º com 12 pontos. O Galo foi aos 24 pontos e assumiu a terceira posição e retornou ao G-4. O Sampaio estacionou nos 20 pontos e caiu para o 10º lugar. 

Sampaio Corrêa x CRB

O CRB não deu a mínima chance do Sampaio Corrêa se ligar no que estava acontecendo. Em apenas dez minutos, o Galo deu duas bicadas na Bolívia Querida. A primeira foi logo aos 2 minutos. Emerson Negueba roubou a bola de Luís Gustavo e acertou o ângulo de Mota. Esse foi o primeiro gol do garoto de 20 anos, contatado junto ao Treze para o time Sub-23, mas que ganhou espaço nos profissionais.

Na sequência, aos 10 minutos, mais um bicada dos alagoanos. Emerson Negueba recebeu na cara do gol e foi derrubado por Luís Gustavo. Na cobrança de pênalti, o experiente bateu no cantinho e ampliou. Mota até acertou o canto, mas não pegou. O Sampaio Corrêa acordou apenas aos 32 minutos. Nilson Júnior cabeceou bem e a bola assustou Diogo Silva.

O Sampaio se manteve em cima e diminuiu aos 38 minutos em bela cobrança de falta de Ciel. Ele tirou da barreira e fez seu sétimo gol pelos maranhenses.

No segundo tempo, o Sampaio Corrêa voltou com “sangue nos olhos”. Claudinei errou feio, Ciel ficou com a bola e colocou Ferreira na cara do gol. O volante bateu rasteiro e venceu Diogo Silva para deixar tudo igual. Logo depois, o Sampaio quase virou.

Aos 10 minutos, Felipinho cruzou na medida para Ciel, que entrou por trás da zaga, mas cabeceou para fora. O CRB não se preocupou e chegou ao terceiro gol aos 17 minutos. Jajá, que tinha acabado de substituir Negueba, recebeu na área e meteu no ângulo para fazer Galo 3 a 2.

O CRB chegou a marcar mais um com Calyson, mas a arbitragem deu impedimento. Aos 50, Watson quase empatou. A bola raspou a trave.

CSA x Vitória

Os times fizeram um grande primeiro tempo e o gol não saiu por um mero detalhe. O CSA foi para o ataque desde o começo e desperdiçou uma boa oportunidade aos nove minutos. Bruno Mota passou por Dudu Beberibe, dominou e chutou com força de fora da área. Ronaldo fez a defesa. O Vitória equilibrou as ações e também fez Ronaldo trabalhar.


Foto: Divulgação / CSA

O time baiano ficou muito perto de abrir o placar aos 38 minutos, quando Marcelo achou Cedric. Ele avançou em liberdade e cruzou para Ramon. O atacante pegou de primeira e viu a bola, quase em cima da linha, carimbar Samuel, seu companheiro de equipe. Antes do apito final, o CSA pressionou novamente, mas não tirou o zero do placar.

No segundo tempo, o CSA tinha o domínio claro da partida. O time alagoano tentou de todos os jeitos, mas foi inaugurar o marcador apenas aos 28 minutos. Ernandes deu belo cruzamento para Gabriel, que apareceu nas costas de Pedrinho para cabecear para o fundo das redes.

Mas não deu tempo para comemorar. Aos 34 minutos, o árbitro assinalou pênalti após a bola bater na mão de Cajá. Eduardo foi para a cobrança e bateu com categoria para fazer 1 a 1. O CSA não sentiu o gol e voltou ao ataque, mas Ronaldo fez uma grande defesa para impedir o segundo do time alagoano.

Mas o CSA não desistiu e chegou ao gol da vitória aos 44 minutos. Gabriel levantou a bola na na área, Yuri ajeitou de cabeça e o zagueiro Lucão também de cabeça mandou para as redes e fez 2 a 1.

Próximos jogos

Na próxima rodada, o Vitória enfrenta o Avaí, no sábado, às 16h30, no estádio Barradão, em Salvador (BA). No domingo, às 18h15, o CSA visita o Remo, no Baenão, em Belém (PA).

Na 15ª rodada, o Sampaio Corrêa visitará o Brasil-RS no Bento de Freitas, em Pelotas, no sábado (31), às 19 horas. O CRB, enquanto isso, receberá a Ponte Preta no Rei Pelé, em Maceió, na segunda-feira (02), às 20 horas.