Maceió

Delegada diz que está terminando de colher provas sobre atropelamento de ciclista na Av. Menino Marcelo

Eberth Lins com Rádio Pajuçara FM | 04/06/21 - 13h26 - Atualizado em 04/06/21 - 13h28
Rubens foi atropelado na Via Expressa, foi socorrido, mas não resistiu e morreu no HGE | Foto: Reprodução

Nesta sexta-feira (04), a delegada Sheila Carvalho, titular da Delegacia de Acidentes, esclareceu que o autor do atropelamento que vitimou o jovem Rubens dos Santos Silva, de 20 anos, na noite do último domingo (30), não é menor de idade, como chegou a ser veiculado anteriormente.

De acordo com a delegada, o autor do atropelamento tem 20 anos, mesma idade da vítima, e possui carteira de habilitação. As informações foram compartilhadas em entrevista à Rádio Pajuçara FM, na manhã de hoje.

A delegada também antecipou que está concluindo a junção de um material que será encaminhado e periciado no Instituto de Criminalística (IC). "Estamos fazendo uma sequência de oitivas para esclarecer tudo o que aconteceu, aguardando mais uma imagem de um estabelecimento e, assim que tivermos todas, vamos encaminhar ao IC e aguardar o resultado", disse.  

O inquérito policial, segundo a delegada, foi instaurado na segunda e será conduzido com rigor. "Não temos comprovação de que ele [o autor]  estava embriagado. Vamos ouvir testemunhas e saber se essa informação procede. O que se sabe é que ele desceu e que houve prestação de socorro.Ele também teria chamado o pai após o acidente, que foi ao local e se encarregou de tomar providências", detalhou.

O caso 

O jovem Rubens dos Santos Silva não resistiu aos ferimentos causados por atropelamento na noite do último domingo, 30, na Avenida Menino Marcelo, no Benedito Bentes, parte alta de Maceió, e faleceu na segunda-feira, 31, no Hospital Geral do Estado (HGE).