Polícia

DHA já prendeu 9 pessoas envolvidas em homicídios, em Arapiraca, neste segundo semestre

Redação TNH1 com Ascom PC | 19/08/21 - 14h04 - Atualizado em 19/08/21 - 14h04
Ascom PC

De acordo com um balanço inicial dos 45 dias de trabalhos da Delegacia de Homicídios de Arapiraca, divulgado nesta quinta-feira (19),  foram concluídos 17 inquéritos policiais; cumpridas três cartas precatórias, além de terem sido presas 9 pessoas e cumpridos oito mandados de busca.

Outro ponto destacado diz respeito ao passivo da especializada estar zerado, referente a inquéritos anteriores a 2020. “Gostaria de parabenizar o trabalho de toda a equipe de policiais civis da Delegacia de Homicídios de Arapiraca pela abnegação e compromisso em procurar esclarecer os casos de assassinatos ocorridos no município, com profissionalismo, serenidade e rapidez. Queria enaltecer também, o apoio que temos recebido do delegado-geral da Polícia Civil, dr Carlos Alberto Reis”, destacou o delegado Filipe Caldas.

Entre os casos resolvidos, recentemente, a equipe da Delegacia de Homicídios de Arapiraca esclareceu e prendeu todos os envolvidos em um homicídio ocorrido no dia 29 de junho deste ano, que vitimou João Paulo Ribeiro de Santana. Entre os acusados presos estão o mandante, o executor, que é um pistoleiro pertencente a uma facção criminosa, e mais duas pessoas que participaram da trama e assassinato de João Paulo.