Polícia

Digital influencer posta vídeo no Instagram com denúncia de assédio em Maceió; assista

Teresa Cristina | 11/03/21 - 17h21 - Atualizado em 11/03/21 - 19h41
Reprodução/ Redes Sociais

Um vídeo postado pela digital influencer Yasmin Oliveira denuncia um caso de assédio sexual. tem repercutido nas redes sociais. Nas imagens, feitas na noite dessa quarta-feira (10), ela e uma amiga relatam que estavam saindo da academia no bairro do Tabuleiro do Martins e caminhando pela rua quando foram seguidas por um homem em um veículo branco, que teria se masturbado diante delas. 

No vídeo, (confira baixo) é possível ver o homem, sem camisa, dentro do carro praticando o ato obseno. O caso foi parar na delegacia. A digital influencer, segundo sua assessoria, prestou depoimento, na tarde desta quinta-feira (11), na Delegacia da Mulher, no Salvador Lyra. A delegada Cássia Mabel está investigando o caso. 

“Será que um dia vamos conseguir sair na rua e não ser assediada? Eu não conheço UMA MULHER que não tenha passado por um caso de assédio/estupro e isso é uma realidade tão assustadora, é inacreditável como o “homem” não consegue ter o mínimo de respeito com as mulheres. Eu cansei, eu não aguento mais ser assediada praticamente todos os dias por homens nojentos que acham que temos que aceitar esse tipo de atitude calada”, escreveu Yasmin no Instagram. 

Ela postou também que decidiu expor a situação para encorajar outras mulheres a denunciarem situações de assédio.
“Eu não vou me calar! Hoje por volta das 20:14 esse homem seguiu eu e minha amiga no caminho da academia, parou o carro ao nosso lado e começou a se masturbar nos olhando, nossa única reação foi gravar pra consegui pegar a placa do carro. Postei nos stories e já apareceram mais relatos de meninas que passaram pela mesma situação com esse mesmo cara. Meninas não se calem, eu sei que é difícil, que sentimos medo e que sempre tentam justificar as atitudes desses nojentos de alguma forma, mas precisamos expor e denunciar. Não dá pra deixar passar em branco, espero poder contar com o apoio de vocês. E não, não quero biscoito, eu quero apenas RESPEITO”, acrescentou Yasmin. 

A assessoria da Polícia Civil informou que a delegada Cássia Mabel instaurou inquérito para apurar o crime de importunação sexual. Outra vítima do mesmo homem também procurou a delegacia afirmando ter sido assediada em fevereiro deste ano. O suspeito está sendo procurado.