Maceió

Dirigentes do Almaviva recebem Títulos de Cidadão Honorário de Maceió

10/11/15 - 12h59

Cerimônia aconteceu na Associação Comercial (Crédito: Ascom Câmara Municipal de Maceió)

Cerimônia aconteceu na Associação Comercial (Crédito: Ascom Câmara Municipal de Maceió)

Desde que a empresa italiana Almaviva começou a atuar em Maceió, em 2013, tornou-se uma das maiores empregadoras do Estado, na área de prestação de serviços. Até dezembro, a meta da líder do setor de Call Center na Itália é alcançar a marca de oito mil jovens empregados na capital, onde já investiu R$ 63 milhões. No Brasil, a empresa começou a atuar em 2006. Hoje, além de Maceió, tem unidades em Minas Gerais, Brasília, Sergipe, Piauí e São Paulo. Mas é em Alagoas onde a empresa concentra o maior número de funcionários.

O desempenho da Almaviva na economia local foi reconhecido pela Câmara Municipal de Maceió, que outorgou o título de Cidadão Honorário de Maceió para o presidente da Almaviva no Brasil, Marco Tripi, e para o vice-presidente da empresa, Francesco Renzetti. A outorga foi proposta pelo presidente da Câmara, vereador Kelmann Vieira (PMDB).

Para Francesco Renzetti, um dos homenageados, receber o título é uma honra. “Nós fizemos um bom trabalho em Maceió, mas essa beneficência significa muito mais do que reconhecimento pelo trabalho feito em Maceió. Significa ser realmente, tornar-me realmente parte desta comunidade”, revelou agradecido.

O prefeito Rui Palmeira (PSDB) e o governador Renan Filho (PMDB) compuseram a mesa de honra na solenidade. Para o prefeito, a homenagem é justa, já que Alagoas é a “capital mundial da Almaviva”, concluiu. “É uma empresa existente em vários países de cinco continentes e hoje Maceió é a cidade com mais colaboradores da Almaviva no mundo”, disse Palmeira.

Nas três unidades que mantém em Maceió, nos bairros da Serraria, Salvador Lyra e Benedito Bentes, aAlmaviva possui 78% de seus funcionários usufruindo do primeiro emprego. Do total de colaboradores maceioenses, 64% têm menos de 25 anos de idade, o que realça a importância da empresa italiana para a juventude da cidade.

Confira abaixo um pouco da trejetória dos homenageados:

MARCO TRIPI

Natural de Roma, República Italiana, Marco Tripi nasceu em 1969. Graduado em Economia, iniciou a vida profissional em 1997 na empresa BNL Multiservizi, na área de Marketing. Em 1999, entrou para o grupo Almaviva. Em 2001, foi nomeado presidente executivo da companhia, situação que permanece até hoje. No Brasil, é presidente da Almaviva desde 2012, fazendo a empresa crescer 50% ao ano. Em 2014, Marco Tripi fez o faturamento da Almaviva saltar de R$ 200 milhões para R$ 700 milhões no país.

FRANCESCO RENZETTI

Nascido em 1962 em Terni, República Italiana, Francesco Renzetti formou-se em Direito em 1985. Exerceu cargos públicos até 2005. Entre 1989 e 1999, foi sócio do escritório de advocacia Persiani, em Roma, e assistente no Instituto de Direito Processual Civil da Universidade de Roma “La Sapienza”. Em 2000, tornou-se diretor jurídico da AlmavivA até ser nomeado diretor geral Staff do grupo. No Brasil, exerce a função de Vice-Presidente da empresa. Nos últimos anos, conduziu a ampliação da Almavivano Nordeste, com implantação de unidades em Sergipe, Piauí e Alagoas.

Veja mais imagens da Cerimônia: