Mundo

Do papa a Maradona, celebridades se posicionam sobre aborto na Argentina

Folhapress | 08/08/18 - 12h10 - Atualizado em 08/08/18 - 12h48
Lara Va - Wikimedia Commons

O debate da lei que despenaliza o aborto na Argentina, que deve ser votada nesta quarta-feira (8) no Senado, fez diversas celebridades do país e do exterior se posicionarem sobre o assunto.
Atores e atrizes, apresentadores de TV, esportistas, políticos e o papa Francisco se manifestaram sobre a questão.


O projeto de lei, que foi aprovado pela Câmara argentina em junho com 129 votos a favor e 125 contra, depende agora da aprovação dos senadores. Ele despenaliza a prática até a 14ª semana de gravidez.  
Caso conquiste os votos necessários, irá para a mesa do presidente Mauricio Macri, que já anunciou que não irá vetar a legislação. Segundo as projeções mais recentes, porém, a tendência é que seja derrubado pelos senadores.   


Existe ainda a possibilidade do Senado modificar o projeto, o que o faria voltar para a Câmara.