Polícia

Em cerimônia de posse, superintendente destaca “impessoalidade” da Polícia Federal

Bruno Soriano | 06/08/21 - 15h13 - Atualizado em 06/08/21 - 17h35
Superintendente da PF-AL também destacou importância da integração entre as forças de Segurança Pública | Edvan Ferreira/Cortesia

A manhã desta sexta-feira (06) foi de solenidade na Superintendência da Polícia Federal, no bairro de Jaraguá, em Maceió. O novo superintendente, delegado Sandro Luiz do Valle Pereira, tomou posse oficialmente em cerimônia que contou com a presença de várias autoridades, a exemplo do diretor-geral da PF, Paulo Gustavo Maiurino, e do presidente do Superior Tribunal de Justiça, o ministro alagoano Humberto Martins.

Sandro do Valle já exercia o posto de superintendente desde a sua nomeação no Diário Oficial da União, publicada no dia 07 de junho deste ano, em substituição ao delegado Agnaldo Mendonça Alves. Contudo, a solenidade de posse precisou ser adiada em decorrência das restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus.

Na oportunidade, o novo superintendente destacou, entre outros aspectos, o alcance das ações da Polícia Federal em todo o país, acrescentando que sua gestão será pautada na busca pela excelência dos serviços prestados à sociedade. 

“Seguiremos atuando de forma impessoal, sem personificação, e atentos à garantia dos direitos fundamentais, em cumprimento ao dever constitucional da instituição”, discursou o delegado, salientando, ainda, a importância da integração com as demais forças de Segurança Pública no combate ao crime organizado e na “descapitalização das organizações criminosas”. “Também estamos abertos a críticas construtivas dos servidores e destinatários dos nossos serviços”, emendou.

Quem também fez uso da palavra foi o diretor-geral da PF, que enumerou as ações voltadas à modernização da Polícia Federal, a exemplo da nova sede, em Brasília. “Quase cem por cento dos nossos inquéritos já foram virtualizados, de modo a facilitar o bom desempenho de nossas atribuições. Além disso, aguardamos a chegada de dois mil novos policiais por meio de concurso público”, afirmou o delegado, destacando que “o principal patrimônio da instituição é o servidor”.

Quem é o novo superintendente?

Sandro Luiz do Valle Pereira é pós-graduado em Direito Penal e Processual Penal. Foi procurador da Câmara Municipal de São Francisco de Itabapoana (RJ) e professor na Faculdade de Direito de Campos (RJ) e na Universidade Luterana do Brasil, além de delegado de Polícia Civil. 

Aprovado no concurso em 2009, já como delegado federal, presidiu vários inquéritos no município de Ji-Paraná, tendo conduzido diversas operações policiais em Rondônia.

De volta ao Rio de Janeiro, Sandro do Valle também foi chefe da Delegacia de Proteção do Meio Ambiente e ao Patrimônio Histórico, da Delegacia Fazendária, da Delegacia Especial do Aeroporto Internacional e da Delegacia de Polícia Federal de Nova Iguaçu.