Alagoas

Em período de reprodução e desova, 13 tartarugas são encontradas mortas no Litoral Sul

Redação com Instituto Biota | 20/01/20 - 15h52 - Atualizado em 20/01/20 - 16h04
Instituto Biota

Nesta segunda-feira, 20, treze tartarugas foram encontradas mortas e pelo menos 15 desovas foram registradas no Litoral Sul de Alagoas. As informações são do presidente do Instituto Biota, Bruno Stefanis. Segundo ele, no mês de janeiro, muitas espécies de tartarugas marinhas vêm até a costa para a reprodução.

Ainda de acordo com ele, em período de desova, o contato entre os animais e o homem tende a aumentar, o que faz elevar o número de animais mortos nas praias.

“Estamos no pico da temporada reprodutiva, e isso faz crescer o número as mortes de tartarugas. Muitos animais se aproximam da costa para desovar, e com isso interagem mais com o homem [rede, lixo, barcos, etc..], e quem leva a pior são os animais”, destacou Bruno Stefanis, ao informar que grande parte dos animais foram encontrados nas cidades de Marechal Deodoro e Feliz Deserto. 

Stefanis informou que atualmente está em vigor o período de defeso, época em que as atividades de caça, coleta e pesca esportivas são vetadas e controladas.