Maceió

Em três dias, mais de mil cartões Bem Legal Especial foram recadastrados

Secom Maceió | 11/11/20 - 14h47
Pei Fon / Secom Maceió

Durante toda esta semana, a Prefeitura de Maceió, por meio da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), montou uma força-tarefa na sede do órgão para recadastrar os cartões Bem Legal nas modalidades Especial e Especial com Acompanhante. Somente nos três primeiros dias do mutirão, 1.375 cartões já foram recadastrados.

No mutirão, que segue até o dia 13 de novembro, apenas os bilhetes eletrônicos que perderão a validade em 2020 e que seus titulares tenham realizado o recadastro no ano de 2019 estão sendo atualizados. Para o atendimento, é necessário que o cidadão compareça à sede da SMTT nas datas e horários que foram agendados previamente com as instituições filantrópicas às quais são vinculados.

A Dona Maria das Dores foi uma das usuárias que compareceu ao mutirão da SMTT para regularizar a situação do Bem Legal Especial. “Fui informada da ação e compareci no dia e horário indicado para regularizar a minha situação e deixar o meu cartão em dia para poder me deslocar de ônibus até o local onde faço o meu tratamento médico. Foi bem rápido”, contou.

Para a coordenadora da Divisão de Cadastro da SMTT, Michelly Amâncio, a medida assegura o direito dos cidadãos que são beneficiados com estas modalidades do Bem Legal. “Com a retomada das atividades, os cidadãos precisam se deslocar até os atendimentos em suas respectivas instituições, sendo assim, a SMTT viu a necessidade de montar esse mutirão para regularizar a situação dos cartões que já perderam a validade ou que vão expirar nos próximos meses, garantindo o ir e vir da população”, destacou.

Visando garantir a segurança sanitária dos usuários que estão sendo atendidos durante o mutirão, a SMTT vem adotando um protocolo para evitar os riscos de contaminação pelo novo coronavírus. Totens com álcool em gel para a higienização das mãos estão sendo disponibilizados e a medição da temperatura dos cidadãos está sendo realizada. Além disso, o uso de máscaras de proteção e a prática do distanciamento social também são obrigatórios.