Saúde

Entenda o que é a Síndrome de Patau, que acometeu filho de Zé Vaqueiro

TNH1 | 09/07/24 - 09h52
Zé Vaqueiro no hospital com a esposa, Ingra, e o filho, Arthur | Reprodução/Instagram

O filho mais novo do Zé Vaqueiro faleceu na madrugada desta terça-feira (09). Arthur, de 11 meses, tinha uma condição rara, chamada de Síndrome de Patau. 

O bebê ficou até os dez meses internado em um hospital de Fortaleza (CE), quando teve alta. No entanto, ele teve uma parada cardíaca logo em seguida e retornou para a internação.

A Síndrome de Patau é uma alteração genética que ocorre quando existe um cromossomo 13 a mais do que deveria ter. A síndrome pode ser resultar em diversas alterações físicas como dedos extras, cabeça pequena, anormalidade de crescimento nas extremidades, entre outras. Além disso, pode causar problemas no sistema nervoso, defeitos cardíacos e formação de fendas no lábio e céu da boca. 

A taxa de mortalidade para essa condição é alta e na maioria dos casos o feto não chega nem ao parto. Quando chegam a nascer, são poucos os que passam dos primeiros dias de vida. Somente 10% dos bebês passam do primeiro ano de vida.

Não existe uma cura para a doença e os tratamentos são focados em aliviar os sintomas da vida da criança. É feita a utilização de remédios e até realização de cirurgia para correções físicas. Não é possível prevenir a síndrome e estima-se que ela acomete 1 a cada 10.000 nascidos do país.

Em nota, Zé Vaqueiro agradeceu o carinho e todo amor do público com o filho caçula. "Deus sabe de todas as coisas, e decidiu que era hora do nosso Arthur se juntar a Ele e descansar. Agradecemos do fundo de nossos corações o amor e as orações que nosso menino recebeu enquanto esteve entre nós", publicou o artista.

O casal tem mais outros dois filhos, Daniel, de 3 anos, e Nicole, de 13 anos.