Eleições

Equatorial divulga plano especial para as Eleições 2020

Ascom Equatorial | 12/11/20 - 07h29 - Atualizado em 12/11/20 - 07h33
Divulgação Equatorial

Para garantir o bom andamento do processo de votação e de apuração nos dias de eleição no estado, a Equatorial Energia Alagoas preparou um plano de trabalho especial. O documento detalhando as medidas que serão adotadas no pleito foi apresentado pelo presidente da Distribuidora, Humberto Soares, ao desembargador presidente Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Pedro Augusto Mendonça, em reunião realizada na tarde desta quarta-feira (11), na sede do órgão. Mais de 300 profissionais estarão em regime de plantão, para assegurar eficiência no atendimento no próximo domingo (15).

Os colaboradores trabalharão em escalas especiais de turnos e em sobreaviso a fim de suprir a demanda da população e agir em eventuais ocorrências relacionadas à interrupção do fornecimento. As equipes que atuarão a serviço da Equatorial serão distribuídas em pontos estratégicos na capital e no interior, e estarão equipadas com tecnologia de última geração para agilizar o contato com o Centro de Operações Integradas (COI) e, em caso de necessidade, atender aos colégios eleitorais, com mais celeridade.

Equipes de manutenção pesada (equipadas com guincho, postes e transformadores); equipes de linha viva, aptas para trabalhar com a rede energizada e caminhões de poda também estarão de prontidão para efetuar o restabelecimento do fornecimento de energia o mais rápido possível, em caso de uma eventual ocorrência de grande porte. Além disso, serão mobilizadas equipes de apoio que poderão ser acionadas em uma possível contingência. 

Prevenção

As ações de manutenção preventivas que ocorrem durante todo o ano, foram intensificadas no período pré-eleitoral com a finalidade de aumentar a confiabilidade das redes elétricas e manter o fornecimento de energia durante a votação. Foram realizadas inspeções prévias na rede; termovisão rastreando possíveis defeitos em chaves e conexões; lavagem da rede para minimizar os efeitos da maresia; substituição de isoladores; substituição de redes nuas por redes isoladas na baixa e na média tensão; substituição de ramais e podas de árvores nas redes que atendem os pontos mapeados previamente pelo TRE. Essas ações ainda colaboram para minimizar o risco de acidente.

“Sabemos que as urnas possuem autonomia de energia, mas não queremos contar com esse recurso. Por isso, estamos nos preparando para atuar e agir o mais rápido possível, se preciso”, enfatizou o presidente da Equatorial Alagoas, Humberto Soares.

Soares explica ainda que foi elaborado um plano de manobras da rede de distribuição que agilizará o restabelecimento da energia através de transferência de circuitos. O mesmo esquema será aplicado caso haja segundo turno nas eleições.

Comunicação com o TRE

Para facilitar a comunicação dos profissionais do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com a Equatorial, nos dias de votação, a distribuidora manterá um profissional de plantão dentro da sede do TRE. Com isso, em qualquer ocorrência, a informação chegará para a distribuidora com mais agilidade, o que facilitará o envio dos técnicos aos locais.

“Já foram implementadas ações preventivas, porém, caso algo intempestivo aconteça, nossos operadores estarão mais próximos do TRE e darão agilidade no atendimento aos colégios eleitorais”, ressaltou o presidente da Equatorial Alagoas.

O presidente do TRE considerou a iniciativa da Equatorial de suma importância. “Para mim é uma preocupação a menos, poder contar com esse apoio da distribuidora. Ficarei mais tranquilo, pois sei que se precisarmos teremos os técnicos à disposição”, declarou o desembargador presidente do TRE, Pedro Augusto Mendonça.