Maceió

Estrutura de loteamento é flagrada dentro de área de manguezal, em Ipioca

08/04/16 - 11h07 - Atualizado em 08/04/16 - 11h36
TNH1 / Erik Maia

Uma estrutura semelhante a de um loteamento de grande porte foi flagrada, nesta sexta-feira (08), em uma Área de Proteção Permanente, no bairro de Ipioca, em Maceió.

Na região de manguezal, uma estrada de areia margeada pela vegetação e por restos de árvores recentemente cortadas, além de uma espécie de contenção feita com estacas de madeira levam até o suposto loteamento.

No local, em outra estrada que acabou ficando alagada, já existe uma tubulação para levar essa água até o mar.

Toda a estrutura foi descoberta em fevereiro e, hoje, mesmo depois de uma autuação ao proprietário, foi novamente constatada em uma fiscalização da Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma), Batalhão de Polícia Ambiental e Eletrobras.

Segundo os fiscais que participam da operação, desde fevereiro, novas e grandes intervenções foram feitas no local.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Antônio Moura, toda a construção vai ser demolida. “[O responsável] está infringindo o Código Federal de Meio Ambiente e o Código Municipal, artigos 44 e 64”, disse.

A prefeitura suspeita que uma empresa do ramo de construção esteja por trás desse crime. Caso o autor seja preso, ele pode pegar de seis meses a um ano de reclusão, que podem ser convertidos em pena alternativa.

Ponte foi improvisada para atravessar riacho a caminho de loteamento em manguezal; assista: