Polícia

Festa com som alto termina com seis presos em Lagoa da Canoa

Redação TNH1 | 02/03/20 - 08h04 - Atualizado em 02/03/20 - 08h17
Foto: Arquivo TNH1

O que era para ser uma noite divertida terminou mal para um grupo de amigos no município Lagoa da Canoa, no Agreste de Alagoas. Seis pessoas foram presas por desacato, desobediência e direção perigosa, após questionarem a ordem da polícia de que desligassem um equipamento de som, na noite desse domingo, 1º de março. 

O caso foi registrado por volta das 22h na localidade conhecida como Praça Central de Mata Limpa, na Zona Rural da cidade. 

De acordo com o 3° Batalhão da Polícia Militar (3° BPM), a guarnição foi acionada por vizinhos para averiguar uma denúncia de perturbação do sossego alheio.

Segundo a polícia, a guarnição constatou o som abusivo e pediu que o proprietário do equipamento o desligasse, quando os militares foram desacatados. "A guarnição deu voz de prisão e o direcionou para a cápsula de contenção, momento em que iniciou um aglomerado de pessoas, que inclusive jogaram pedras na viatura", trouxe o relatório da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Equipes do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) de Girau do Ponciano, da Força Tarefa 18 e Canil foram acionadas para dar apoio aos militares. 

No total, seis pessoas foram conduzidas até a Delegacia de Polícia Civil, onde foram lavrados Termos Circunstanciados de Ocorrências, de acordo com os crimes cometidos por cada um.