Maceió

Fiscalização: Procon Maceió interdita casas de empréstimos

16/07/19 - 19h08 - Atualizado em 17/07/19 - 08h11
Secom Maceió

O Procon Maceió realizou, nesta terça-feira (16), uma fiscalização em casas de empréstimos e correspondentes bancários na capital. A ação, que terá continuidade nesta quarta-feira (17), tem o objetivo de auxiliar a população e evitar possíveis fraudes em empréstimos e cobrança de juros abusivos em contratos. A ação visitou 10 estabelecimentos. Destes, nove foram autuados e dois interditados.

“É importante que o consumidor procure o órgão para eventuais denúncias e reclamações, tendo em vista o aumento de consumidores superendividados, seja por desconto em folha não autorizado ou por juros abusivos cobrados nos contratos. Quem estiver sofrendo esse tipo de dano deve procurar o órgão de defesa do consumidor”, ressaltou o diretor-executivo do Procon Maceió, Leandro Almeida.

Os responsáveis pelos estabelecimentos onde foram encontradas irregularidades têm um prazo de até 10 dias para regularizar a situação. Os proprietários estão passíveis à aplicação de multa, que vai de R$ 800 até R$ 8 milhões.

“É importante que o consumidor analise as instituições financeiras que são mais sólidas no mercado antes de realizar qualquer transação. Vale ressaltar, ainda, sobre a educação financeira necessária para utilizar empréstimos ou financiamentos em situações de emergência para evitar possíveis dívidas”, acrescentou o diretor-executivo do Procon Maceió.

Caso o consumidor queira fazer denúncias ou solicitar mais informações pode entrar em contato com o Procon Maceió pelos telefones 0800 082 4567 ou 98882-8326 (WhatsApp).

"