Maceió

Funcionários do Hospital Sanatório protestam contra atraso de salários e outros direitos

TNH1 | 27/01/21 - 11h46 - Atualizado em 27/01/21 - 12h22
Cortesia

Trabalhadores do Hospital Sanatório protestaram, na manhã desta quarta-feira, 27, contra o atraso no pagamento dos salários, além da falta de cumprimento de outros direitos trabalhistas em frente à unidade de saúde, na Rua José da Silveira Camerino, no Farol. O grupo também cobrou uma definição sobre a realocação do hospital e a garantia de empregos, tendo em vista que o Sanatório fica na região de instabilidade do solo em Maceió.

Sob forte chuva, os funcionários fizeram bloqueios no trecho da via e cobraram definições da direção do hospital. O grupo, que usou camisas brancas, levou cartazes com frases como "SOS Sanatório", "Cadê o dinheiro?", e "Queremos respeito".

Veja vídeo:

De acordo com os representantes do movimento, os trabalhadores cobram três meses de salários atrasados, o pagamento de férias, do 13º salário e de vale-transporte. Eles também pedem explicações sobre a transferência da unidade, já que o hospital está em tratativas com a Braskem.

A direção do hospital comunicou, por meio de nota, que trabalha para conseguir resolver as pendências com os funcionários. A unidade afirma que recebeu repasse da Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) correspondente ao pagamento de incentivos do Mais Saúde de novembro de 2020 e deve depositar ainda hoje o pagamento do restante do 13º salário dos colaboradores.

Veja abaixo:

Posicionamento da Braskem

A Braskem informou que está em tratativas com o Hospital Sanatório, visando a realocação da unidade. A empresa afirmou que oferece apoio técnico com equipes de engenharia e consultoria especializada em saúde, para garantir celeridade no processo.

"Cumprindo o compromisso com a segurança, foi realizada vistoria conjunta com Defesa Civil Municipal para avaliação de risco estrutural; nenhum risco que exigisse realocação imediata foi constatado. Para garantir a tranquilidade de funcionários, pacientes e demais pessoas que passam diariamente pelo hospital, as equipes de engenharia trabalham em intervenções para sanar pequenas avarias, e um sistema de monitoramento das edificações foi implantado no hospital. A prioridade da Braskem é a segurança da comunidade nos bairros atingidos pelo fenômeno geológico em Maceió, propondo e realizando ações com essa finalidade", mostra trecho do comunicado da empresa.