Mundo

George Clooney diz que Meghan Markle tem sido perseguida e injustiçada

Folhapress | 16/03/19 - 19h04 - Atualizado em 16/03/19 - 19h16

Após dizer que Meghan Markle sofre o mesmo assédio pelo qual a Princesa Diana passou, George Clooney, 57, desabafou novamente sobre como a Duquesa de Sussex tem recebido um "tratamento injusto".

"Acho que é um pouco injusto. Eu tenho visto o quanto a imprensa pode ir para cima de você pelas razões mais ridículas e por quase nada, e pareceu para mim ser um pouco injusto, já que ela não tem feito nada além de apenas viver sua vida", disse o ator em entrevista ao Good Morning Britain.

 "A maioria das coisas você pode deixar para lá e não dar atenção, mas às vezes é cruel", continuou Clooney, que ainda elogiou Markle. 

"Ela é uma jovem mulher realmente doce, esperta e inteligente. [...] Eles são um casal realmente maravilhoso e amável".

Clooney e sua mulher, Amal, foram ao casamento de Meghan e Harry, filho de Diana, no ano passado quando a atriz norte-americana entrou para a família real britânica. A duquesa de Sussex, como agora Meghan é conhecida, espera seu primeiro bebê, o que intensificou o já gigantesco interesse da mídia.

"Ela é uma mulher que está grávida de sete meses e tem sido perseguida e difamada da mesma forma que faziam com Diana e isso é a história se repetindo", disse Clooney em fevereiro à revista australiana WHO.

Em 2016, pouco depois de tornar público seu relacionamento com Meghan, o príncipe Harry emitiu um raro comunicado criticando a imprensa por invadir a vida privada de Meghan, afirmando que a imprensa a sujeitou a "uma onda de abuso e assédio".

Harry e seu irmão, William, que é o segundo na linha de sucessão ao trono britânico, têm uma relação tensa com a imprensa desde que sua mãe, Diana, morreu em um acidente automobilístico em Paris em 1997, quando era perseguida por paparazzi em motocicletas.