Polícia

Gerente do Banco do Brasil de Porto Real do Colégio é assassinado a tiros na porta de casa

09/04/16 - 09h20 - Atualizado em 09/04/16 - 12h50

Atualizada às 10h17

O gerente do Banco do Brasil do município de Porto Real do Colégio, conhecido como "João do Banco", foi assassinado na porta de sua residência, na cidade de Girau do Ponciano, durante um assalto na noite da última sexta-feira (8).

Segundo apuração da equipe de reportagem do Agreste e Sertão do TNH1, João Carlos Moura, de 34 anos, estaria na porta se sua residência conversando com um vigilante quando três indivíduos chegaram em um veículo modelo Punto, de cor preta, e anunciaram o assalto.

Neste momento, o gerente teria entregado o celular aos assaltantes e, para impedir que eles entrassem em sua residência, teria segurado o portão da casa. Após luta corporal, um dos assaltantes teria atirado em João Carlos, que morreu no local.

De acordo com informações do 3º Batalhão de Policiamento Militar, após cometerem o homicídio, os três suspeitos fugiram até o povoado Capim, zona rural de Lagoa da Canoa, onde abandonaram o veículo e roubaram outro, um Celta também de cor preta.

A família do gerente informou que, o corpo de João Carlos Moura, após liberação do Instituto Médico Legal, deve ser velado em Girau do Ponciano e enterrado em Maceió.

Gerente do Banco do Brasil de Porto Real do Colégio é assassinado a tiros na porta de casa
Gerente do Banco do Brasil de Porto Real do Colégio é assassinado a tiros na porta de casa
Gerente do Banco do Brasil de Porto Real do Colégio é assassinado a tiros na porta de casa
Gerente do Banco do Brasil de Porto Real do Colégio é assassinado a tiros na porta de casa