Geral

"Greve dos agentes penitenciários não tem relação com o Governo", diz Renan

12/05/16 - 19h15
Reprodução

Em entrevista ao TNH1, o governador Renan Filho (PMDB) afirmou que tem trabalhado para encontrar uma solução para a greve dos agentes penitenciários, anunciada para esta sexta-feira, 13. Renan, no entanto, diz que a paralisação não tem a ver com o Governo.

“Tenho pedido serenidade aos agentes, sobretudo porque a greve não se relaciona com o posicionamento do Executivo, e sim com uma decisão do Judiciário que autoriza que alguns servidores contratados que fazem a função de agentes penitenciários possam ter mais atribuições”, disse o governador.

O peemedebista assegurou que tem conversado com o secretário de Ressocialização Social, tenente coronel Marcos Sérgio de Freitas, para chegar a uma solução sem prejuízos à sociedade. “É isso que temos buscado em todo o âmbito da Segurança Pública”, afirmou.

Renan explicou ainda que os efeitos da recente mudança no Governo Federal, com o afastamento da presidente Dilma Rousseff (PT) e a posse de seu vice, Michel Temer (PMDB), estão sendo aguardados para delinear novos rumos. “O Governo está esperando como vão soprar os ventos do novo Governo Federal. É importante que saibamos qual caminho a Economia vai tomar, como será a arrecadação dos próximos meses. Não podemos garantir esse tipo de coisa sem saber direito qual o rumo que o país vai tomar”, concluiu.