Maceió

HGE diz que sobrevivente de atropelamento na Fernandes Lima segue estável

TNH1 | 27/07/21 - 12h08 - Atualizado em 27/07/21 - 12h19
Neide Brandão/HGE

Quitéria Gonçalves de Amorim, a sobrevivente do atropelamento que deixou duas pessoas mortas na Avenida Fernandes Lima, no Farol, continua internada na Área Verde do Hospital Geral do Estado (HGE). A atualização do boletim médico foi divulgada no fim da manhã desta terça-feira, 27.

O HGE reforçou, no comunicado, que a paciente segue com quadro clínico considerado estável, após ser submetida a procedimento cirúrgico. Ela sofreu fratura de pelve e passou por cirurgia no mesmo dia do acidente.

Ainda segundo a unidade de saúde, Quitéria continua sendo medicada e sendo avaliada após a intervenção cirúrgica. 

Motorista pode ser indiciado por homicídio doloso

A delegada Scheila Carvalho, titular da Delegacia de Acidentes da Capital, afirmou nessa segunda-feira, 26, que há uma tendência para mudar o indiciamento do bancário S.P.S.F, que provocou um acidente na última sexta-feira, de homicídio culposo para homicídio doloso (quando há intenção de matar). 

A afirmação da delegada foi feita em entrevista ao Balanço Geral Alagoas, que foi ao ar na manhã desta terça-feira, 27, na TV Pajuçara/RecordTV. Segundo ela, todas as provas estão sendo analisadas no inquérito.