Polícia

Homem assalta residência e esfaqueia cachorro na Barra de Santo Antônio

TNH1 com TV Pajuçara | 08/01/21 - 09h12 - Atualizado em 08/01/21 - 09h12
Ele foi preso e levado para a Central de Flagrantes, em Maceió | Arquivo TNH1

Após furtar uma residência e esfaquear um cachorro, um homem foi preso por furto qualificado e maus-tratos contra animais, na tarde dessa quinta-feira (7), na Barra de Santo Antônio, Litoral Norte de Alagoas. 

De acordo com informações do Cidade Alerta Alagoas, da TV Pajuçara, o homem arrombou a porta da casa, furtou um ventilador e esfaqueou o cachorro da família. O relato foi confirmado pelo delegado plantonista da Central de Flagrantes, Antônio Carlos. 

"Ele adentrou a residência da vítima com o intuito de roubar alguma coisa. Acabou levando o ventilador da vítima, sendo que para isso arrebentou a porta, destruiu a porta. O que qualifica o furto. E o cachorro da vítima estava na residência, deve ter latido ou investido contra o autuado. Ele pegou uma faca na residência e desferiu de três a quatro golpes no animal, que está à beira da morte. A vítima estava aqui num estado muito preocupada com o seu animal, que não sabe como está. A esposa da vítima está grávida e tinha saído pouco tempo antes da residência. Não se sabe o que poderia ter acontecido caso ela estivesse lá", disse o delegado. 

Ainda segundo o delegado Antônio Carlos, o homem vai responder pelo crime de maus-tratos contra animais, que no caso de cão e gato a pena maior é de cinco anos, e também furto qualificado pela destruição de obstáculo.  

"(Crime de maus-tratos) A abordagem mais severa em relação à pena veio em bom momento. Era um absurdo fazer um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), às vezes causava a morte do animal, uma série de maus-tratos terríveis e não tinha absolutamente nada. O suspeito saía pouco tempo depois da delegacia. Agora não, a pena permite que nem o delegado possa arbitrar fiança, somente o juiz. E que ele seja punido da forma adequada".