Polícia

Homem é preso por tentar arrombar laboratório no Farol; vídeo mostra crime

TNH1 com Rádio Pajuçara FM Maceió | 19/08/21 - 09h51 - Atualizado em 19/08/21 - 09h57
Reprodução

Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento em que um homem tenta arrombar um laboratório no bairro do Farol, em Maceió, nessa semana. O suspeito foi detido na madrugada desta quinta-feira, 19, após a equipe de vigilância do local armar uma tocaia e flagrá-lo mais uma vez em direção ao prédio. O caso foi dado com exclusividade pela Rádio Pajuçara FM Maceió - 103,7.

O vídeo, compartilhado pela proprietária do estabelecimento, registra o homem com camisa azul, bermuda preta e boné em ação na última terça-feira, 17. Usando máscara de proteção, ele passa alguns segundos tentando retirar o cadeado da porta e depois deixa área por causa do acionamento do alarme de segurança.

Assista:

A dona do laboratório, em entrevista ao repórter Hélio Góes, disse que o suspeito já tentou entrar no prédio no último dia 13, mas havia corrido com o disparo do sinal de segurança. Na segunda investida, ele chegou a levar correntes e o cadeado da porta, mas como não havia conseguido entrar, os responsáveis pela segurança do laboratório fizeram um planejamento para capturá-lo quando retornasse.

"Ele no primeiro dia tentou arrombar a porta, mas como temos central de segurança, o alarme disparou e ele se evadiu. Voltou no segundo dia, levou correntes e tentou novamente ontem. Acredito que ele queria entrar para levar equipamentos de dentro do imóvel [...] Ele deveria estar olhando a movimentação, pois temos um grande movimento diário durante a noite. Com certeza, ele queria entrar no imóvel para levar algo de valor", disse.

Segundo a mulher, o suspeito foi abordado na esquina e confessou que havia tentado levar o cadeado da porta, mas que não queria entrar no imóvel. "Está complicado porque temos que nos privar de nossa liberdade por causa desses furtos frequentes no bairro do Farol [...] A gente veio fazer o B.O. porque é o nosso dever, a gente paga os nossos impostos, vivemos em dia com tudo, estamos gastando cada vez mais com segurança... Precisei fazer isso para tentar inibir, para que ele evite de repetir isso", afirmou.

O homem, que reside no Jaraguá, contou à reportagem que trabalha como montador de palco e que passava às 2h pela rua porque estava em busca de cadeados para vender. Ele disse que também procura o objeto em lixo, mas mesmo admitindo ter praticado o crime de furto, afirmou não ter a intenção de subtrair os equipamentos da clínica.

"Eu não arrombei nenhuma loja. O que fiz foi pegar um cadeado que estava no portão, foi o meu erro. Eu só peguei um cadeado porque queria vender. Mas só foi isso, e estão querendo colocar um monte de coisa pra mim. Hoje eu não estava fazendo nada, eu só estava passando e o cara da segurança me chamou dizendo que tinha uma filmagem de um suspeito que parecia comigo. Eu disse que peguei o cadeado, mas estão inventando que eu arrombei", disse.

"Eu não fui três vezes. Só tem uma filmagem aí, cadê as outras imagens? Hoje eu só ia passando e eles me pararam. Eu só estava procurando cadeado, eu queria vender para comprar comida para a minha filha. Eu ia vender lá no mercado. Estou arrependido porque não queria ser preso por causa de um cadeado", continuou.

O suspeito foi levado para a Central de Flagrantes, no Farol, e vai ser ouvido pelo delegado plantonista.