Polícia

Homem é preso suspeito de espancar e torturar criança de 5 anos em Pão de Açúcar

Redação com Ascom PM | 22/04/21 - 13h53 - Atualizado em 22/04/21 - 18h07
Ilustração / Ascom PM

Um homem de 27 anos foi preso, na noite dessa quarta-feira (21), suspeito de espancar, torturar e manter sob cárcere privado uma criança de 5 anos, no município de Pão de Açúcar, no sertão de Alagoas. O menino teria sido espancado e submetido a queimaduras nos órgãos genitais feitas com um ferro de marcar animais.

A equipe médica de uma posto de saúde da cidade recebeu a criança para atendimento e não acreditou na versão da mãe dele, que contou que o menino havia levado uma queda de cavalo.

Em estado grave, a criança teve que ser transferida para o Hospital de Emergência no Agreste (HEA), em Arapiraca. Como se não bastasse o sofrimento do pequeno, durante a viagem, a ambulância apresentou uma pane e pegou fogo. A criança foi retirada a tempo e encaminhada em outro veículo para atendimento médico.

Prisão

Ainda em Pão de Açúcar, a polícia foi acionada e conseguiu prender o padrasto da criança, em um sítio na zona rural de Pão de Açúcar. Segundo a mãe, todos sofriam agressões dentro de casa, inclusive ela e outra filha dela de 9 anos, que no momento da prisão estava na companhia do agressor.

O homem foi conduzido à 2ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) e autuado conforme a Lei Maria da Penha, o artigo 5º do Estatuo da Criança e do Adolescente e o artigo 148 do Código Penal.

O Conselho Tutelar foi acionado e encaminhou a menor para o Instituto Médico Legal (IML), para a realização de exame de corpo de delito.

De acordo com a assessoria de comunicação do HEA, o menino de cinco anos passou por procedimento cirúrgico e o estado de saúde dele é estável.