Polícia

Homem morto em confronto pode ser um dos assassinos do soldado Charles

TNH1 | 18/07/21 - 11h02 - Atualizado em 18/07/21 - 15h29
Charles, de 32 anos, deixou mulher e dois filhos

Um homem morto ao reagir a uma ação da polícia na região de Igaci, pode ser um dos dois assaltantes envolvidos na morte do soldado Charles Micael, de 32 dois anos, na noite desse sábado, 17, em Arapiraca.  Fotos do corpo do suposto assassino circulam nos aplicativos de mensagem. A polícia ainda não confirma, mas também não descarta a hipótese de ele ser um dos assaltantes. 

Ainda ontem, ao lamentar a morte do policial, o secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar, informou que estaria indo pessoalmente a Arapiraca para ajudar na captura dos criminosos. 

Charles foi morto após reagir a uma assalto a um mercadinho no povoado Bananeiras, Zona Rural de Arapiraca, Agreste do estado. Segundo testemunhas, o soldadopresenciou o assalto, praticado por dois homensmp estabelecimento comercial do sogro dele. Eles atiraram no militar, atingido-o no peito. Ele chegou a ser levado ao Hospital de Emergência do Agreste (HEA), mas não resistiu.

Charles  Micael  integrava o 3° Batalhão de Polícia Militar de Arapiraca (3° BPM) e era da turma de  2018. Ele deixa esposa e dois filhos.

Mais informações em instantes.