Polícia

Indiciado por tentativa de homicídio, filho de Neguinho Boiadeiro está foragido

13/11/17 - 12h23 - Atualizado em 13/11/17 - 13h43
Cortesia / Grupamento Aéreo

José Márcio de Melo, conhecido como “Baixinho” Boiadeiro, filho do vereador Neguinho Boiadeiro (PSD), morto a tiros na última quinta-feira (09) em um atentado no município de Batalha, foi indiciado pela tentativa de homicídio do fazendeiro José Emílio Dantas. Ele teve a prisão preventiva decretada pela Justiça de Alagoas na última sexta (10), mas segue foragido.

O vereador Neguinho Boiadeiro foi assassinado em frente à Câmara Municipal de Batalha, o que provocou uma reação violenta da família da vítima. "Baixinho" teria ido à residência de José Emílio, onde baleou o fazendeiro, supostamente para vingar a morte do pai. A vítima sobreviveu.

Segundo informações da assessoria da Polícia Civil, os policiais tentaram prendê-lo em duas oportunidades na última semana, porém "Baixinho" não foi localizado.

Já os autores do assassinato do vereador ainda não foram identificados pela polícia. O TNH1 entrou em contato com os delegados responsáveis pelo caso, mas eles não falam sobre o assunto.

A cidade de Batalha segue ocupada pela Segurança Pública por tempo indeterminado e uma comissão composta por três delegados está responsável pelas investigações.