Polícia

Inteligência das polícias Civil e Militar investigará roubo a bispo de Maceió

05/08/17 - 12h13
Cortesia - TV Pajuçara/Gisélia Santos

A inteligência das polícias Civil e Militar investigam o caso do assalto ao arcebispo de Maceió, dom Antônio Muniz, que aconteceu na manhã deste sábado (5) quando se preparava para sair de casa para celebrar uma missa na capela de São Gonçalo, no bairro do Farol.

O comandante geral da Polícia Militar (PM), coronel Marcos Sampaio, e o comandante do 1º Batalhão, major Rocha Lima, estiveram na casa do arcebispo representando o governador Renan Filho e o secertário de Segurança Pública, coronel Lima Júnior.

O comandante não conversou com a imprensa, mas a Secretaria de Segurança Pública (SSP) emitiu uma nota sobre o caso; confira a íntegra do informe:

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) informa que o caso da invasão à residência do arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz, já está sendo investigado. 

O secretário Lima Júnior informou que o serviço de Inteligência das Polícias Civil e Militar já estão atuando para colher informações e assim conseguir identificar e prender os responsáveis pela ação. 

Ele disse ainda que a Segurança Pública não irá descansar enquanto não prender os autores do crime.

O comandante da Polícia Militar, coronel Marcos Sampaio, visitará ainda hoje o arcebispo para, em nome do governador Renan Filho e do secretário da Segurança Pública, Lima Júnior,  prestar solidariedade.