Polícia

Irmãos mortos no Benedito Bentes foram condenados no 'Tribunal do Crime'

Camilla Bibiano* | 13/05/19 - 12h22 - Atualizado em 13/05/19 - 12h23
Arquivo TNH1

A polícia confirmou que a motivação para o crime que resultou na morte de dois irmãos encontrados em uma mata no Benedito Bentes nesse domingo (13), foi vingança de uma facção criminosa.

O delegado Ronilson Medeiros, que está à frente do caso, confirmou para o TNH1 que o duplo homicídio foi decorrente de uma condenação no “Tribunal do Crime”, no qual eles foram "condenados". Wesley e Wellington Costa da Silva, de 21 e 22 anos, fariam parte de um grupo criminoso com atuação no conjunto Selma Bandeira, e teriam demonstrado a intenção de entrar para o grupo rival, mas foram descobertos.

“Nós não sabemos se eles foram mortos na área em que os corpos foram encontrados ou se somente foram jogados lá na mata. Isso só poderá ser respondido com o andamento das investigações”, declarou.

Medeiros ainda afirmou que os irmãos foram ao território da facção rival obrigados pela sentença. Eles foram mortos a golpes de arma branca, possivelmente machadadas ou outra arma de grande porte, por conta dos graves ferimentos que apresentavam, segundo a PM.

A Polícia Civil identificou cinco suspeitos que tiveram participação no homicídio, mas não tiveram seus nomes revelados. Um deles se encontra hospitalizado no HGE por ter se machucado durante a execução. 

A instituição espera o suspeito se recuperar para prestar depoimento à polícia e segue com as investigações. 


*Estagiária sob supervisão da editoria