Maceió

IronMan movimenta o turismo e aquece economia em Maceió

01/08/18 - 10h32 - Atualizado em 01/08/18 - 10h34
Divulgação

Maceió se prepara para receber mais uma edição do IronMan, um dos maiores eventos esportivos do mundo. A expectativa é de que a prova, com 1.500 inscritos, movimente mais de R$ 11 milhões em Maceió. A abertura será nesta quinta-feira (2), com a Expo IronMan na Praça MultiEventos, na orla da Pajuçara. As provas acontecem no domingo (06).

Para o prefeito Rui Palmeira, a cidade vem se consolidando no calendário de esportes do Brasil. “Receber o IronMan pela segunda vez é sinal de um trabalho bem feito. Em comparação ao ano passado houve um acréscimo de 30% no número de inscritos. Serão 1.500 atletas, o que coloca o município entre as 15 maiores provas da modalidade, de um total de 113 cidades. Também são esperados mais de 4.500 pessoas durante a competição, o que pode movimentar R$ 11 milhões, dois a mais do que no ano passado. Um número alto de maceioenses e turistas que movimentarão a economia local”, disse.

Em 2017, em uma eleição realizada pelo Comitê Internacional do IronMan, em seu site oficial, a capital alagoana ganhou quatro prêmios, consolidando sua presença no evento. Para esta edição, a competição trará atletas de 14 países diferentes. O Brasil terá representantes dos 26 estados e do Distrito Federal.

“Maceió já mostrou que, além de suas belezas naturais, tem condições estruturais, como a Praça Multieventos, que centraliza e integra toda a logística da prova, para receber eventos de grande porte, como o IronMan”, disse Rui Palmeira.

A prova

O IronMan é formado por um circuito que consiste em três etapas: 1,9 km de natação, 90 km de ciclismo e 21,1 km de corrida, totalizando 113 km de prova. Ao término, os 30 primeiros colocados terão a oportunidade de representar o Brasil no mundial 70.3 França 2019.

Esse ano também será realizado o IronKids com a participação de 30 crianças. A ação tem o foco de fomentar a prática do esporte entre crianças de até 12 anos. A modalidade vai contar ainda com a participação dos alunos da Rede Municipal de Ensino.