Futebol

Jogador do CSA é demitido após confusão na porta de motel

26/02/19 - 08h32 - Atualizado em 26/02/19 - 10h33

O jogador Régis Ribeiro de Sousa foi demitido pela direção do Centro Sportivo Alagoano (CSA), após se envolver em uma confusão na porta de um motel, no bairro do Canaã, na noite do último domingo.

Em nota publicada nas redes sociais do clube, o CSA divulgou que o atleta não faz mais parte do elenco azulino. "O Clube agradece os serviços prestados e deseja muita sorte no decorrer da carreira".

De acordo com a funcionária do motel, que preferiu não se identificar, o lateral chegou ao local aparentemente alterado e tentou invadir o estabelecimento. “Ele estava sozinho e alegou que sua mulher estava dentro do motel. O segurança impediu e acionou a polícia”, disse.

O TNH1 foi informado pelo empresário de Regis Ribeiro, Leandro Eugênio, que hoje, às 14h, o jogador participa de uma reunião com a direção do clube para ‘acertar detalhes’ e que deve se pronunciar em seguida.

Histórico

Em 2018, Régis teve o contrato rescindido pelo São Paulo por causa de problemas pessoais. Meses depois, quando treinava pelo Brasiliense, o jogador chegou a ser preso sob suspeita de tentar invadir o apartamento de um vizinho. Ele já admitiu ser usuário de drogas, mas negou o vício.